Design Meu Mix Viagens

Dicas de Como se Vestir no Inverno em Paris e a Maison e Objet

Geralmente fujo do frio. Eu e o Celio gostamos mesmo é de fazer viagens na primavera ou no verão, mas… A Maison & Objet acontece no inverno em Paris, então não tem muito como fugir do frio.

Depois que o Bento nasceu ando demasiadamente prática e fiz uma mala até que compacta para o tanto de frio que esta fazendo por aqui (hoje fez -6°C). A minha mala deu MUITO certo, e olha que eu tive programas bem diferentes: coquetel na casa do Embaixador do Reino Unido, alguns dias inteiros circulando a trabalho pela feira, dias de museus, dias de compras em ruas bacanas, jantei em ótimos restaurante… Enfim, tive que montar uma mala que atendesse a tudo, e como há 3 meses fui para a Italia, tb no frio, e errei na mala (fiz na pressa e em menos de 1h) resolvi fazer esse post para facilitar a vida de quem tb virá para a Maison no Inverno.

As dicas principais que posso dar são as seguintes:

  • Blusas e calças térmicas (as da Decatlhon não são lindas mas resolvem, ninguém vai vê-las)
  • Malha de cashmere pesado. Não servem aquelas fininhas que usamos aí no Brasil para meia estação.
  • 1 casacão importante. Eu trouxe 2: um maravilhoso e MUITO quente que acabo usando tanto de dia quanto de noite e um outro lindo tb, só que é mais leve e acabei só usando nos dias de feira, mas nem precisaria ter trazido…
  • Gorro ou faixa. Se o seu casacão principal não tiver a opção daquele capuz que você coloca de dia e tira de noite para um momento mais formal, traga 1 bom gorro ou algo para cobrir as orelhas. Eu gosto daquelas faixas, que parecem as de sky, mas que são de materiais mais nobres, assim você fica arrumada/o sem passar frio.
  • Luvas. As de lã resolvem em parte. Eu prefiro as de couro. Acho mais elegantes e protegem de verdade. Tentei usar uma que deixava as pontas dos dedos para fora para teclar mas não rolou, o frio está tenso.
  • Nos pés estou usando: bota de couro forrada com pelo + palmilha com pelo (se a bota é forrada não precisa da palmilha, mas eu gosto pq fica fofinho) + meia calça térmica + meia de cashmere (tem na Inverness). Ok que eu tenho muito frio nos pés, mas é melhor exagerar do que passar frio.
  • Cachecol. Indispensável, e traga um que realmente esquente.

Como eu consegui fazer uma mala pequena? Não trouxe absolutamente nada que realmente não fosse de um bom material, digo, um material que realmente esquente.

Não adianta trazer 10 malhas de uma lã mais ou menos, 15 camisetas de algodão normal, etc. Só vai pesar na sua mala e você terá que usar 3 camisetas, 2 malhas e um casacão de uma só vez rssss

Por aqui não acontece o “efeito cebola” no frio. Quando você esta num ambiente fechado as pessoas tiram só o casacão e em quase todos os lugares tem onde guardá-los. Você tira o casacão e fica com a malha e a camiseta (que ninguém vê). Por isso que eu estou falando que essas 3 peças precisam mesmo te esquentar.


Aproveita para ver os posts que fiz sobre a Maison & Objet:


Bom, feita essa introdução que não tem efetivamente nada a ver com a Maison & Objet, mas que pode ser bem útil se você esta querendo vir, vamos ao que interessa, certo?

Aqui vai mais uma leva dos produtos que eu teria em casa.

Este trabalho é um dos mais delicados que vi por aqui, é da marca Victorian Rehab. A designer resgatas asas de borboletas e libélulas, protege as peças com uma resina e suporta as asas em roldanas de relógios antigos. Muito diferente!

Na realidade clique este espaço nem tanto pelos móveis, mas para te mostrar a cor predominante aqui na feira. Esse rosa antigo meio lilás esta presente em muitos e muitos estandes. Muitos mesmo!

Essa marca Belga é o máximo. Dá uma olhada nessas “cabanas” modernas que eles fazem para áreas externas. Fazem também carrinho e chuveiros externos com soluções de design lindas e muito funcionais. Vale conhecer a Tradewinds.

Teria facilmente em casa, adorei o mix de cores e texturas diferentes na mesma peça. É da Neo Zelandesa Spoinq.

A marca francesa Papier à Etrés arrasou. Olha uma das luminárias/esculturas feita com papel. Repara no detalhe do rosto e nas formas meio animais meio humanas. Achei o máximo!

Repara no detalhe do rosto…

A marca de produtos franceses Nobodinoz levou móveis bem reais, digo, factíveis e descolados. Transportaria tranquilamente para minha casa.

Detalhes dos pufes.

A marca le Petot Lucas Dutertre trabalha com estamparia blocada, feita no método tradicional e manual. São peças muito diferentes do que estamos habituados a ver em quartos infantis, exatamente por isso amei.

A marca francesa Laurence Brabant Editions apresentou acessórios para mesa lindos feitos em vidro soprado.

O trabalho em cerâmica da francesa Isabelle Poupinel eu achei também bem diferente. Repare inclusive que muitos designers estão apostando nessa cerâmica com acabamento mais rústico, mas os trabalhos delas têm uma pegada meio bruta que os outros não tem.

Que tal guardanapos, jogos americanos e até toalhas descartáveis mas lindas?

É exatamente isso que a marca Francoise Paviot oferece!

Eles são premiados, simpáticos jovens e adoram o Brasil.

Curti demais as peças da Donkey, até o nome é simpático!

Esta marca Aromas não é gigantesca, mas tem algumas peças de alto impacto, como este pendente.

Você tem plantas em casa? E estufa?

Tô apaixonada não só pela esfuta como tb pelo porta bebidas que fixa na grama! São da Beltima.

Bom, já passou das 2h e eu tô indo dormir, amanhã posto mais hein…

Bjs, Lucila

You Might Also Like

8 Comentários

  • Responder Charine Aldrighi janeiro 23, 2017 at 2:16 pm

    Que peças lindas!
    Me apaixonei pela luminária da marca francesa Papier à Etrés!

  • Responder Cristina B A Azevedo janeiro 23, 2017 at 3:56 pm

    Amei os vidros soprados, os objetos da Donkey… Reparou nas Araras bem brasileiras!
    Beijos. Cris

    • Responder Casa de Valentina janeiro 26, 2017 at 6:24 pm

      Menina, acredita que eu não tinha visto kkkk É tanta info que a gente fica até meio perdida rsss. Bjs bjs, Lú

  • Responder Dicas de Paris para Quem Gosta de Arte e de Perfumes | Casa de Valentina março 19, 2017 at 10:45 am

    […] Dicas de Como se Vestir no Inverno em Paris e a Maison e Objet […]

  • Responder Primeiras Impressões da Maison & Objet, Dicas e Prediletos | Casa de Valentina março 19, 2017 at 10:46 am

    […] Dicas de Como se Vestir no Inverno em Paris e a Maison e Objet […]

  • Responder Meus Prediletos da Maison & Objet - parte 2 | Casa de Valentina março 20, 2017 at 12:41 am

    […] Dicas de Como se Vestir no Inverno em Paris e a Maison e Objet […]

  • Responder Sua Casa, Seu Espaço, Seu Ninho na Terra | Casa de Valentina março 20, 2017 at 12:41 am

    […] Dicas de Como se Vestir no Inverno em Paris e a Maison e Objet […]

  • Deixe uma resposta