Projeto acima: DD Concept

Sempre pesquiso muito, mas nesses últimos tempos com o agravante de que estou em fase de projeto da minha casa nova, ou seja, a quantidade de referências que busco aumentou consideravelmente rsss. Nesse processo, tenho prestado muita atenção em como os cobogós estão com design cada vez mais expressivo, e as possibilidades de criação e composição idem.

Cobogó é um elemento que agrega muita personalidade à arquitetura, e está entre as peças prediletas dos arquitetos e designers na hora de projetar; desde fachadas, à áreas internas como o lavabo, por exemplo. De origem brasileira, o elemento vazado tem suas vantagens e seu charme, já que permite entrada de luz e vento ao mesmo tempo, e os formatos e cores são diversos!

Dos cimentícios aos esmaltados, não dá para negar que os cobogós dão um UP em qualquer ambiente ou fachada, principalmente se o desenho for inédito. Muitos escritórios de arquitetura e interiores apostam na peça, que atualmente é facilmente encontrada no mercado, e, mesmo a pauta sendo desenhos diferentes, achei importante trazer uma relação com algumas características:

  • variedade de modelos, estilos, formatos, design, cores – particularmente, adoro os terracota rsss;
  • uso democrático: forma simples de dividir espaços, mantendo sensação de continuidade, boa maneira de renovar fachadas;
  • alguns modelos possuem vãos que permitem boa ventilação;
  • resistência à aspectos de área externa (chuva e sol);
  • necessária limpeza periódica;
  • alguns modelos reduzem a iluminação no espaço, criando sombras esteticamente visíveis no espaço.

Deixei apenas algumas das referências que encontrei durante minha busca por cobogós diferentes, e confesso que poderia passar horas salvando ideias, pois sou fã do assunto e adoro quando vejo nos projetos! Desliza o post e deixa nos comentários o seu predileto 😉

Projeto acima: Teófilo Otoni Arquitetura

Projeto acima: Teófilo Otoni Arquitetura

Projeto acima: Teófilo Otoni Arquitetura

Projeto acima: Teófilo Otoni Arquitetura

Projeto acima: Grzywinski + Pons

Projeto acima: Grzywinski + Pons

Projeto acima: Grzywinski + Pons

Projeto acima: Allouchie Arquitetos

Projeto acima à esquerda: Allouchie Arquitetos | á direita: MF + Arquitetos

Projeto acima: Estúdio Húngaro Arquitetura

Projeto acima: Estúdio Húngaro Arquitetura

Projeto acima: Alunos do DAU/ PUC-Rio + Campos Costa Arquitectos

Projeto acima: Alunos do DAU/ PUC-Rio + Campos Costa Arquitectos

Projeto acima: Alunos do DAU/ PUC-Rio + Campos Costa Arquitectos

Projeto acima: Tongji Architectural Design

Projeto acima: Alan Chu

Projeto acima: Lins Arquitetos Associados

Projeto acima: Lins Arquitetos Associados

Projeto acima: Lins Arquitetos Associados

Projeto acima: Lins Arquitetos Associados

Projeto acima: Lins Arquitetos Associados

Projeto acima: Studio Arthur Casas

Projeto acima à esquerda: Studio Arthur Casas | à direita: Traama Arquitetura

Projeto acima: Debaixo do Bloco Arquitetura

Projeto acima: Debaixo do Bloco Arquitetura

Fonte: Escolaengenharia.com.br
Imagens: Archdaily.com, Saladacasa.com.br, Arquitrecos.com, Architonic.com, Aesthetics-warfare.tumblr.com, Archilovers.com, Gmrartefatosdecimento.com, Casadeviver.bloogosfera.uol.com.br, Revistahabitare.com.br,