Viver em meio a memórias de família, circundados pela natureza mas em contato com as facilidades que só São Paulo pode proporcionar. Esses foram os principais desejos que nortearam a busca pelo lar dos sonhos da Malu de Sá e do Eduardo Akira. O apartamento escolhido pelo casal fica em um pedacinho mais calmo e arborizado do Brooklin em um prédio que os dois já conheciam e admiravam há anos.”Uma grande amiga nossa, que é minha madrinha de casamento e médica obstetra, morava aqui com os pais. Eu já gostava muito do prédio e quando entrei para conhecer o apartamento me apaixonei de vez, não quis visitar mais nenhum”, relembra Malu.

Todas as janelas da sala e dos quartos dão para as árvores, o que é maravilhoso. Parece realmente que estamos numa casa!

Construído na década de 1970, o imóvel de quase 180 m² acumulava qualidades que ambos consideravam importantes, como a conservação de elementos originais, os janelões e a planta incrivelmente bem distribuída. Com a intenção de manter as características de época do apê aliadas à soluções contemporâneas, a Malu e o Akira resolveram investir em um projeto personalizado, que ficou nas mãos da arquiteta Lucila Martens Bertoncello, do escritório Ambienta Arquitetura.

Seguindo a proposta de ambientes amplos, arejados e bem iluminados que a própria construção já oferecia, a profissional sugeriu a integração da cozinha através da instalação de portas de vidro que se abrem por completo – mas apenas quando necessário. A ideia foi rapidamente abraçada pelo Akira, que é uma pessoa de personalidade expansiva e agregadora. “Ele gosta de ter muita gente em casa, de receber e cozinhar para os amigos. Eu já sou mais reclusa, gosto de ler, assistir uma série e ficar mais na minha. Acho que o projeto respeitou muito essas nossas particularidades: temos os ambientes sociais que o meu marido curte muito e o espaço onde eu posso ficar mais à vontade, que é a área dos quartos, sala de tv e escritório”, explica.

O piso lindo de ladrilho original da cozinha foi revitalizado e incorporado à nova decoração trazendo um charme vintage à proposta que é carregada de referências industriais. Os armários com moldura e puxadores concha ajudaram a reforçar essa ideia, porém, de uma maneira atualizada graças à pintura em verde intenso da marcenaria. O lavabo reserva mais um tesouro vintage, dessa vez de valor sentimental: a base da máquina de costura da avó da Malu virou a bancada da pia! “Minha avó ganhou do meu avô quando meu pai nasceu, há 85 anos. Ela tem bastante história, traz muito da alma da minha vó e do papel da costura na vida dela. É uma peça linda e versátil”, comenta. 

Deu para notar que o lar da Malu e do Akira é um refúgio repleto de memórias, carinho e cuidado, né? Bom, esse foi só o comecinho desta história – amanhã conto para vocês um pouco mais sobre essa decoração pra lá de afetiva. Então volta para conferir a entrevista em vídeo que fizemos com eles e as fotos da área íntima deste apartamento super acolhedor, tá? 😉

Fotos: Vivi Terra