Open House | Malu e Akira – 2ª parte

Ambientes amplos, circundado por janelões com vista para a copa das árvores por onde entra a brisa fresca da manhã e a luz natural. A combinação dessas características contribuíram para o clima caseiro e até mesmo interiorano do lar da Malu, do Akira e do baby que acabou de chegar – ahh e do Ataide também, o cachorrinho bon vivant da família! O apartamento de quase 180 m² fica em um prédio antigo no Brooklin e é um daqueles tesouros imobiliários com arquitetura original muito bem conservada, com direito a pisos de ladrilho antiguinho na cozinha e de taco na área íntima.

“O apê tem uma energia incrível e aquele charme dos anos 1970 que me encanta. Além dos acabamentos, mantivemos os armários que foram reformados por dentro. Ficou tudo muito cativante”

O projeto assinado pela arquiteta Lucila Martens Bertoncello sugeria um período de obra mais intenso, seguido pela parte mais divertida, na opinião da Malu: o processo de decoração. “Foi muito gostoso decorar esse apartamento. De certa maneira, foi uma volta ao passado, às nossas origens. Por ter ambientes maiores, pude trazer muita coisa da casa dos meus pais, peças que eu tinha da minha avó e algumas lembranças de viagem e isso me traz bastante acolhimento. A parte de acabamentos foi feita de uma vez só, mas os móveis e objetos foram escolhidos aos poucos, conforme íamos encontrando itens que realmente falassem sobre a nossa história”. Assim, de forma leve, o décor ganhou qualidades afetivas e um certo toque de colecionismo que representa muito os moradores.

Peças queridas tem de monte por lá, como é o caso do kimono enquadrado e disposto de forma despojada, apoiado na parede ao lado do sofá da sala. O uniforme pertence ao Akira que é faixa preta de Jiu-jítsu: “a gente queria alguma referência da cultura japonesa e do esporte na decoração. Com o quadro, encontramos um bom balanço, sem contar que meu marido ficou superfeliz e a sala ganhou esse toque divertido também”. comenta. Além dos detalhes pessoais, algumas soluções de arquitetura também caíram nas graças dos moradores. Uma delas é a porta de correr de palhinha instalada no escritório que serve para esconder o espaço da mesa de trabalho, caso ele esteja bagunçado demais. “Ele fica parecendo um painel. Quando vou receber visitas, simplesmente fecho essa porta e o ambiente fica instantaneamente mais organizado e lindo. É superprático, usamos bastante esse recurso!”.

São tantos detalhes lindos e acolhedores que a vontade que dá é de não ir embora, né? Então aproveita para estender a sua estadia por aqui: assista à entrevista para conferir todos os ambientes no vídeo também, vale a pena!

Fotos: Vivi Terra

2019-03-08T14:03:45-03:00 Categorias: Open House, Apartamentos|Tags: |

8 Comentários

  1. ivone delgado março 8, 2019 em 9:18 pm - Responder

    o apartamento mais lindo que já ni, aconchegante, cores intensas e lindas o verde dos armarios é um um show a parte ,parabens casal….

  2. ticiane março 8, 2019 em 9:34 pm - Responder

    O sentimento é exatamente esse…. uma casa mesmo, linda e com uma energia maravilhosa. Parece que estamos no meio do campo em meio a uma cidade enorme. Sentimos o acolhimento e amor da família quando entramos pelo elevador! é lindo!! parabéns!!!

  3. Cristina março 10, 2019 em 7:20 am - Responder

    Parabéns aos donos e à arquiteta. Um apartamento acolhedor com personalidade e história, muito raro nos dias de hoje. Um lar e não um showroom. Inspirador!

  4. MARIA MIRACI MARTINS IANINO maio 22, 2019 em 11:10 am - Responder

    Parabéns! A arquiteta e aos donos! Lindos! É meu sonho um apartamento com cara de casa!
    Muitas Felicidades pra vocês.

Deixar Um Comentário