Outro dia recebi uma mensagem da Maria di Pace – pessoa que adoro – dizendo que eu TINHA que fazer o Open House na casa da artista Luciane Chermann, junto à umas fotos que me deixaram ainda mais curiosa para conhecer essa morada e, óbvio, agendei na hora! rssss Adoro gravar o Open House, pois meu papel ao visitar os lares é basicamente de ouvinte, faço algumas perguntas e os assuntos surgem, e na casa/ateliê da Luciane Chermann não foi diferente!

A Luciane comprou o apartamento no bairro do Jardins em 1998 e se mudou em 24 de abril de 1999, dia de seu aniversário. O apê de 294m² é mais que especial, pois, além de amar São Paulo e ter uma forte relação com a cidade, foi nessa casa que criou suas filhas e é onde recebe os netos e a família, seu maior suporte.

A evolução do apê ao longo dos anos andou de mãos dadas com a trajetória profissional e pessoal da Luciane, que se viu completamente apaixonada por um hobby que hoje é sua profissão: a arte! A artista sempre viajou pelo mundo e adorava frequentar museus e exposições, até que um dia percebeu que gostaria de passar de telespectadora, para realizadora das obras que vivenciava. Durante algumas temporadas na Europa, ela estudou pintura e escultura, mais precisamente nas regiões da França, Itália e Inglaterra, onde aprendeu técnicas milenares e se encontrou em todos os aspectos de sua vida.

Entrei na casa da Luciane, cumprimentei-a e em seguida, pude sentir a leveza que é estar em um lugar que reflete ricas experiências, amor e arte. Ao longo do tempo, o ateliê da moradora foi assumindo todos os ambientes do apartamento, SIM, todos mesmo, e transformando tudo em um grande espaço vivo de criação. A Luciane vive em meio à uma experimentação de suas ideias, vontades, desejos e pensamentos; os cantos da casa tem traços, rascunhos, desenhos finalizados, peças de família e por aí vai! Tudo ali expressa significados e momentos bem vividos, mas principalmente, tudo tem um pedacinho dela; a casa tem a cara e atmosfera da moradora, é incrível!

“A arte é uma energia vital pra mim e demorei a descobrir isto, embora ela estivesse presente em tudo o que fazia… Ela é mais um processo, do que um produto, e creio que ela cumpre uma função de tocar e fazer crescer as pessoas, seja instigando-as ou chamando a atenção para situações que vivemos no mundo contemporâneo.”

Como te falei, os assuntos surgem durante minha passagem pelas casas e não cruzamos com as pessoas à toa, tudo tem uma ligação! Ano passado a Luciane levou algumas de suas obras para o Ugo di Pace, e as deixou com ele por um mês. Após avaliar a reação das pessoas quando viam as peças, o Ugo sugeriu que fizessem uma exposição dali um ano e a Luciane não hesitou em topar o desafio! Neste um ano, ela criou 30 obras lindas que, a partir dessa quarta, estarão expostas no Studio 689 e, o melhor, várias dessas peças estavam no apê no dia que fui lá, então nas fotos abaixo vai dar para sentir um gostinho do que será exposto! Anota as informações para você NÃO PERDER, vale super a pena!!!

Exposição DE SIGNO
Data: 13 de novembro à 14 de dezembro de 2019
Horário: 10h às 18h, de segunda à sábado
Local: Studio 689 de Ugo di Pace (Al. Gabriel Monteiro da Silva, 689 – Jardim Paulistano, São Paulo-SP)

Haaa, volta amanhã para ver o vídeo que fiz pelo apartamento, e para conhecer a Luciane “pessoalmente” rsrs 😉

Fotos: Rafael Renzo