Apartamentos Open House

Open House Ligia Mitaini | 1ª Parte

Logo na primeira vez que vi a Ligia sabia que nos conhecíamos de outra épocas. Na conversa para escrever este Open House descobri: fomos contemporâneas de ESPM rsss Ela fez adm. e eu publicidade, mas nos encontrávamos nos intervalos na quadra. Tô te contando isso pq o percurso profissional da Lígia foi diferente. Durante anos ela trabalhou no mercado da moda e foi no processo da montagem deste apartamento que começou a perceber sua paixão pelo tema e quando percebeu já estava desenhando móveis em perspectiva para o marceneiro reproduzir.

“Meu marido queria morrer! Até que um dia, desconfiando de que eu levava jeito para a profissão e percebendo como eu fazia as coisas com prazer e amor, me convenceu de me profissionalizar.”

“No início, eu achava que tudo não passaria de uma brincadeira, um hobby, mas depois vi que eu realmente gostava daquilo e que eu seria muito mais feliz se trabalhasse nessa profissão. E, então, aos 30 anos de idade, eu larguei tudo e comecei literalmente do zero. Fiz faculdade, me formei, e logo reencontrei a Patrícia, minha amiga, que se tornaria minha sócia, e que tem uma história muito parecida com a minha; e começamos a trabalhar juntas. Quando eu soube que estava grávida da Nina, para não perder o hábito, (ahahahahah), resolvi fazer uma última (?) reforma, mais drástica, com uma decoração mais atemporal e definitiva, para poder recebê-la e não mexer na casa pelos próximos anos.”  

Bom, então este apê foi realmente um divisor de águas na vida da Lígia, o primeiro a morar com seu marido, o que a fez mudar totalmente de profissão e o que recebeu a Nina <3 sua primeira filha.

A grande maioria dos objetos do apê a Lígia comprou em garimpos que fazia em NY numa época em que viajava constantemente para a cidade, inclusive sua coleção de muranos foi feita em inúmeras visitas a antiquários na big apple. Mais detalhes da casa que dizem muito sobre a vida dela? Os quadros que ela mesma pintou e que estão espalhados por vários ambientes – a tela preta da sala de jantar, o azul do buffet, o que esconde a churrasqueira na varanda, a dupla do hall de entrada… 

 

Neste Open House eu pedi uma dica diferente para a Lígia, como ela recebe muito em casa, gosta de cozinhar – cozinha até no dia a dia – e transformou sua varanda (que vou mostrar amanhã para você) em um espaço delicioso para receber amigos para um jantar, resolvi pedir para ela uma receita pá-pum. E aqui vai! Anota aí hein 😉

 

Bom, volta aqui amanhã que eu vou te mostrar a varanda da Lígia que é uma delícia e os quartos dela e da filhota Nina 😉

 

You Might Also Like

2 Comentários

  • Responder Camila Rossetti fevereiro 7, 2017 at 11:11 am

    Adorei! Ela pode compartilhar os antiquários em NY? Obrigada!

  • Responder Open House Ligia Mitaini | 2ª Parte | Casa de Valentina fevereiro 7, 2017 at 11:05 pm

    […] Como muitas pessoas que conheço, a Ligia e o marido, investiram bem na festa de casamento e no apê e deixaram a decoração para uma segunda etapa. O que foi MARAVILHOSO no caso dela, pois foi exatamente essa experiência em descobrir fornecedores, móveis e soluções bem pensadas e com um custo razoável que despertou na Lígia a paixão pela profissão – e que depois a fez estudar e se aprofundar no assunto como eu já contei AQUI. […]

  • Deixe uma resposta