Imagina morar em uma casa modernista assinada por Paulo Mendes da Rocha? A estilista capixaba Helena Wen, nossa convidada do Open House Votorantim Cimentos dessa semana, está vivendo esse sonho! Antes de se mudar para o imóvel alugado localizado no Butantã, ela morava em um apartamento no centro de São Paulo, ou seja, a sua relação com a cidade e o seu dia a dia mudaram completamente.

“Sempre privilegiei a localização do que a arquitetura, mas quando você encontra uma casa dessas…”

A estilista divide a casa com um amigo arquiteto, aliás, foi ele que encontrou o imóvel! Além de caber no orçamento dos dois e de ter banheiros bons – uma prioridade para a Helena – a casa era perfeita para eles que curtem o estilo minimalista.

“Uma coisa que eu priorizo muito é ter os espaços amplos. É uma casa brutalista, basicamente feita de ângulos retos”, descreve. A construção foi erguida em concreto aparente e vidro, materiais que transmitem sensações opostas, mas que se complementam de um jeito superharmônico. Ambos, no entanto, são sensíveis à temperatura: “o vidro faz com que o sol entre e se mantenha e também existe no concreto essa questão de absorver calor”. O que garante uma temperatura interna agradável nos dias de calor é o espelho d’agua que cobre toda a laje da casa. “Uma caixa de concreto que poderia ser um lugar super desconfortavel de morar vira um lugar agradável e fresco”, comenta a moradora.

O concreto está em todos os cantos da construção: do teto ao piso, passando também por algumas superfícies, como a bancada da cozinha. Aliás, esse é um dos ambientes mais utilizados pelos moradores para receber os amigos: “a gente gosta de estar na parte da mesa, mas muita coisa acontece no fundo da casa, onde a gente consegue ficar ao ar livre”, revela. Mas de todos os cômodos, a Helena considera o quarto o seu preferido:

“Para mim o meu quarto é extremamente pratico. Eu amo estar lá dentro!”

Fotos: Mônica Assan