Peças acima: Ro Collection

CHEGUEI! Estou cobrindo pela primeira vez a Feira Ambiente aqui em Frankfurt, Alemanha, a convite da Messe Frankfurt, empresa gestora da feira. A cidade em si é famosa e importante pelo viés comercial, representado pelas feiras e negociações (vale lembrar que é aqui a sede do Banco Central Europeu, isso já diz bastante sobre a cultura da região) e, para você ter uma ideia, a primeira menção à esse tipo de evento comercial aqui, é de 1.152, ou seja, há mais de 800 anos!

Vou te contextualizar melhor, a Ambiente é organizada pela Messe Frankfurt, empresa estatal – parte da cidade, parte do estado – fundada em 1907, responsável por quase 200 feiras ao redor do mundo de vários segmentos, e a Ambiente é uma delas. Para quem visita a feira é perceptível que este é realmente um evento internacional,  70% dos expositores não são alemães e boa parte de quem visita idem.

NESTE POST te contei um pouco sobre como funciona, mas nada como estar aqui, presente, para vivenciar o evento, e é exatamente por isso que, nos Stories que estou fazendo (ACOMPANHA POR AQUI, estou deixando tudo salvo nos destaques), procuro contextualizar visualmente a feira e mostrar um pouco do backstage dos corredores.

Hoje foi o primeiro dia e logo que cheguei já me surpreendi com a sala de imprensa, que é super organizada, com um bom restaurante e ótimas estações de trabalho.

Se o Brasil está por aqui? SIM, e muito bem representado por sinal! Da parceria entre a  ABUP e a APEX, nasceu o projeto #ambiencebrazil que incentiva a exportação de marcas nacionais viabilizando sua ide para a Feira Ambiente, por exemplo, mas tb leva para outras feiras importantes do nosso setor. Lá na Ambiente eles estavam presentes em 3 dos principais halls. Vou te mostrar algumas das marcas:

Holaria

Marco 500

“Nossa experiência com feira na Europa começou a pouco tempo, e no Brasil estamos há 25 anos. O grande desafio de uma feira internacional, mais que vender, experimentar, o mercado entender ou não o produto; é testar nossa estética. Uma coisa é ser conhecido no seu país, outra coisa é apresentar aquilo que acredita ser bonito, que tem criação, propriedade cultural e execução; na maior feira do mundo, com 92 países reunidos.” – Marco

Rima Casa com peças lindas do Sérgio Matos:

Cabideiro da Metaltru:

Luminária do Gileno Design, lançamento:

St. James faz a feira desde 1978:

Taças da Strauss:

A área dos TALENTS, ficam os designers novos e eles não pagam os espaços, então é uma super oportunidade deles apresentarem os trabalhos. Adorei essa designer da República Tcheca, Lappa Studio, que trabalha com padronagens e ela criou esse painéis acústicos. Esse é de parede, mas ela tem vários outros:

Humberto da Mata:

Esse é um restaurante que tem no meio do pavilhão e todas as laterais têm arranjos LINDOS, com cores dramáticas. Achei demais, olha só:

A Engels Kerzen é uma marca de velas, e a cenografia deles aqui na feira está demais! São várias velas GIGANTESCAS enfileiradas. Olha esse visual:

AGORA SIM! Olha esses aparelhos belíssimos para fazer ginástica do Kenko Stores. Chega de conviver com acessórios tão feios nas academias kkkkk sério, fiquei impressionada:

Olha os pesos, que tal?

Ro Collection:

No Hall 4 que é de DINING, e tem porcelanas e tudo mais. A Herend é uma manufatura da Hungria de 1826 suuuper tradicional e a história da porcelana passa pela história deles. Aqui na feira eles trouxeram esculturas que estão com um trabalho lindo e pintura impecável:

A Vista Alegre trouxe essas peças como lançamento, com assinatura do Marcel Wanders:

Pelo que conversei com os expositores e alguns compradores que conheci rapidamente, o intuito aqui é claro: NEGÓCIOS. Essa é a principal feira internacional deles em termos de compra e venda. Mas como não vim aqui com nenhum desses objetivos, vamos ao que interessa kkkkk Seguem as 10 peças que mais me chamaram a atenção nos 3 halls que visitei (são mais de 20 rss):

1) Vitórias-régias da coleção Amazônia do Bordallo Pinheiro em parceria com a Eco Arts Amazônia:

2) Nova coleção Magic Garden da Rosenthal:

3) Hipercriativas as peças em vidro do italiano Massimo Bottura:

4) Hipnotizantes os vasos da Babette Wiezorek:

5) Adorei essas luminárias do Nikolas Miranda:

6) Não sei como viverei sem essa toalha de linho com uma MEGA gramatura da Lovely Linen:

7) Placemente de cobra do Roberto Cavalli:

8) Jogo de jantar para 2 pessoas com inspiração Memphis da Villero & Boch:

9) Preciso dessa churrasqueira/tacho da alemã Hoefats:

10) Aqui só uma foto do expositor da La Porcellana Bianca, se existe planejamento em cenografia ele vive aqui kkkk

O que achou? Estou fazendo a cobertura completa da feira no Instagram @casadevalentina também, e lá tem mais detalhes de cada uma dessas peças e expositores. Absss 🙂