Esquadrias em madeira e texturas naturais

Home  /  Projetos  / Esquadrias em madeira e texturas naturais
Esquadrias em madeira e texturas naturais2021-04-07T17:03:08-03:00
04 2021

Esquadrias em madeira e texturas naturais

07 abr, 2021 | Casas, Acima de 200 m2

Project Description

Escritório: Miguel Capanema Arquitetura e Design
Área: 300m²
Local: Ilha Grande, Angra dos Reis – RJ
Ano: 2020
Fotos: André Nazareth / Divulgação

Uma casa praiana em meio a uma ilha com suas características arquitetônicas dos anos 90 preservadas. Como não se encantar?

Com poucas alterações no revestimento, a decoração segue uma linha de composições de texturas naturais e é o ponto alto desta casa de 300m² reformada pelo arquiteto Miguel Capanema.

Através de paredes de vidros e grandes aberturas na área comum localizada no piso superior da casa, a paisagem se estende para o ambiente interno criando uma sensação de relaxamento e paz.

“O maior desafio foi a localização, como a casa fica numa ilha, todo acesso foi super complicado, desde o material e execução da obra, até o mobiliário. A mesa de jantar caiu dentro do mar quando fomos descarregar, foi uma loucura, mas conseguimos recuperar.”

Não houve muitas alterações estruturais na casa, mas através de um bom projeto de interiores e soluções de layout, uma nova e inspiradora aparência foi idealizada.

Ainda como uma extensão das águas cristalinas de Angra dos Reis, a cor azul é encontrada em diversas tonalidades na décor desta casa de veraneio.

A presença de madeira, inclusive através das esquadrias cria o cenário ideal da arquitetura praiana e aconchegante de moradia. A mesma, se prolonga nos detalhes como forro e pisos da casa trazendo a rusticidade da floresta que ali se encontra.

Texturas naturais marcam presença em objetos, luminárias, móveis e eletros. Aproveitei, e separei alguns para vocês:

Os quartos compõem o estilo rústico praiano com tons claros e grandes janelas que permitem a circulação do ar e interação com a natureza.

Uma ampla sacada em madeira circunda a casa praiana e vai de encontro ao deck, criando assim, um observatório da natureza.

Ah, sem contar no sistema de captação de energia solar que a casa utiliza como uma maneira sustentável.

Fotos: André Nazareth / Divulgação

Profissional:

Ir ao Topo