Conceito Dinamarquês Hygge

Home  /  Projetos  / Conceito Dinamarquês Hygge
Conceito Dinamarquês Hygge 2017-11-02T11:26:12-03:00
11 2017

Conceito Dinamarquês Hygge

02 nov, 2017 | Apartamentos, De 50 a 100 m2, Cidade

Project Description

Ponto de partida do projeto de interiores deste apartamento de 70 m², em Porto Alegre, foi o conceito dinamarquês “hygge” aplicado na decoração. Ele está ligado a um estilo de vida que prioriza o conforto, trazendo a luz natural para dentro de casa e assim criando uma atmosfera acolhedora. Aos elementos nórdicos, porém, mesclam-se toques de brasilidade que dão personalidade à moradia assinada pela designer de interiores Lisiane Scardoelli, junto com a acadêmica de arquitetura Luiza Jung, do Studio Cinque Arq & Design.

A neutralidade escandinava adere-se perfeitamente as necessidades dos clientes: um casal na faixa dos 50 anos de fora da cidade, mas que trabalha na capital de segunda à quinta-feira. Eles queriam algo mais que um hotel, um apartamento compacto, funcional e bem localizado, em busca de uma vida mais simples e descomplicada.

A paleta de cores neutras – que mescla tons de cinza, off white e amadeirados – da o tom minimalista com refinamento nórdico. Para o piso, a escolha foi o porcelanato Portobello da linha Pietra di Firenze, com textura suave e acetinada inspirada no limestone italiano. Nas paredes, o revestimento Liverpool (também da Portobello) e a azulejaria inspirada nas estações de metrô combinam tradição e contemporaneidade.

A iluminação foi pensada pelo Studio Cinque Arq & Design para criar diferentes climas. Luminárias clean brancas de sobrepor, trilho de iluminação e destaque para as assinadas da Luzes do Mundo. Na sala de estar, luminária de piso francesa BS1 em alumínio, da La Lampe Gras, de autoria do designer Bernard Schottlander, e na suíte luminária Birdie, da italiana Foscarini, em aço metalizado e policarbonato.

No quarto, a composição amadeirada da cabeceira da cama, com as luminárias Birdie da Foscarini, a manta de maxi tricô artesanal e as cortinas fluidas de linho garantem a privacidade, permitem o controle da luz e aquecem o ambiente.

No living de 20,7m², um moderno sofá em viscose e algodão com braços baixos e design bem leve, pufe Luce em couro natural, almofadas de linho, tapete de microfibra e manta vazada de algodão. Fotos do edifício Copan, em São Paulo, adicionam um toque urbano-retrô ao ambiente. A estrela do cômodo, a mesa de centro ZalZuBó, em freijó natural e black wood, é criação do designer Francisco Pinto.

Descolado do chão, o mobiliário da cozinha integrada ao living é leve e fluido. A ilha que divide o espaço do preparo das refeições da área social é revestida de granito branco itaúnas clean e acompanha as banquetas Base, de autoria da designer Renata Moura. A lavanderia foi incorporada à bancada de maneira discreta, e conta com nichos de armazenamento e tanque esculpido em granito que pode ser utilizado também como champanheira. Fotos: Divulgação.

Profissional: