Open House Marcelo Nunes – 2ª parte | Votorantim Cimentos

Em episódios anteriores desta websérie feito em parceria com a Votorantim Cimentos, bati muito na tecla do brutalismo e do modernismo, dois movimentos que se apropriaram do concreto na arquitetura. No entanto, ao conhecer o projeto do apartamento do arquiteto Marcelo Nunces, percebi que o cimento queimado pode se desdobrar das mais variadas maneiras no design de interiores, além dessas a que está tão associado. No caso, o morador optou pelo material por ele ter um lado orgânico, um tato natural e rústico que enaltece a sensação de conforto, ao mesmo tempo em que é prático e visualmente sóbrio. 

Acho que essa vontade de misturar texturas nos acabamentos e também no mobiliário é uma grande sacada, principalmente em ambientes que têm um estilo mais minimalista e que, por isso, podem cair numa rigidez que não é nada convidativa. O uso das cores com intenção e a presença das plantas também são essencial!!! Repara como em todos os ambientes o arquiteto faz questão de colocar um vaso com folhas bem verdes e arranjo de flores também. Sem contar com a parede verde na varanda que pode ser vista no living como um imenso quadro vivo. De cair o queixo!!

Os espaços amplos e integrados parecem ainda maiores pelo jeito que o Marcelo trabalhou o layout dos ambientes. Repara como os móveis são soltos, posicionados longe das paredes, permitindo uma fluidez ainda maior e valorizando a circulação. Amo essa proposta! Outro detalhe que chama muito a atenção é o fato do décor valorizar o mobiliário de design e as obras de arte muito bem selecionadas e distribuídas pelos cômodos. São poucos os acessórios decorativos e todos eles cumprem uma função, uma ideia própria do minimalismo e que também me fascina. 

Bom, aperta o play para ouvir o Marcelo contado toda essa história com mais detalhes 😉 

2018-10-15T18:00:00+00:00 Categories: Decoração, Open House, Apartamentos|Tags: , |

5 Comentários

  1. Wagner outubro 13, 2018 em 11:10 am - Responder

    É um bom apartamento. Notei muito livros de culinária/gastronomia; eu li um que não é de receitas, mas sobre o funcionamento de restaurantes, “Cozinha Confidencial”, do Bourdain, e o recomendo!

  2. Maria outubro 16, 2018 em 9:47 am - Responder

    Sonho de consumo de qualquer mortal!!! Belíssimo apto, decoração impecável. Parabens!

  3. Maria outubro 20, 2018 em 9:14 pm - Responder

    Gostei da amplitude dos ambientes e a harmonia das cores na decoração. Bj

Deixar Um Comentário