No Open House dessa semana visitei mais uma casa de vila bem diferente das que já passaram por aqui, e é esse o mote: ir até moradas com personalidade para encontrar novas e boas histórias! O arquiteto Marcelo Nogueira – sim, mais uma casa de arquiteto pois sei que você adora rsss – é um dos sócios do escritório MNBR Arquitetos, formado por quatro amigos unidos durante a faculdade de arquitetura, e que juntos, agregaram alguns detalhes à essa casa que você vai conhecer agora!

A casa no bairro Vila Nova Conceição em São Paulo já era da família do Marcelo há muito tempo, tanto que seu pai, José Veras Nogueira, também arquiteto, morou durante um período na década de 70. Depois de muitos anos, como José é investidor, enxergou ali uma boa oportunidade para reformar e, em seguida, colocar a casa à venda, e chamou o Marcelo para ajudá-lo com isso. Todo o projeto não foi direcionado para o filho, mas eles deram uma boa repaginada no conceito antigo compartimentado da casa, que ficou mais moderna; com estruturas aparentes, cômodos integrados e pé direito ótimo nos dois andares, e então, foi colocada à venda!

“Quando projetei a casa com meu pai, o projeto não era direcionado para mim, mas fizemos um trabalho bem arrojado. O terreno não é muito grande, tem 118m², e aproveitamos muito bem os espaços, onde a estrutura metálica permitiu uma limpeza e vãos livres com pé direito muito bom!”

Durante o período em que a casa ficou à venda, o Marcelo se casou e lembrou da existência da tal casa de vila que, até então, estava vazia. Depois de uma conversa com seu pai, negócio FEITO, ele e a esposa foram viver lá! Mas você acha que a obra parou por aí? Bom, se a nossa casa já vive em constante mudança, aumente a intensidade quando for de arquiteto kkkkkkk Com a nova morada em mãos, os meninos da MNBR Arquitetos deram um UP na decoração, que é descolada e cheia de peças bacanudas que o Marcelo e a esposa garimpam em viagens pelo mundo, mas além disso, eles projetaram o terceiro andar, que deixou a casa com 220m² de área construída e é o ambiente predileto do arquiteto:

“Chegando na casa, achei muito complicado juntar todas as referências que tinha na cabeça e idealizar uma casa pra mim, pois gosto muito de mudar as coisas de lugar, colocar obras de arte, objetos novos, trocar as cores das paredes… Como te falei, minha casa vive em constante mudança!”

Vou deixar para te mostrar os andares de cima amanhã, mas já adianto que o último andar é sensacional hahaha Então volta para ver mais detalhes e o vídeo com tour que fiz por lá com o Marcelo. Te espero!!! 😉

Fotos: Rafael Renzo