Decoração Open House Casas

Open House | Lucas Corazza – 2ª Parte

Curtiu a primeira parte da casa do Lucas de ontem né?

Pois bem, hoje eu vou mostrar onde ele grava o canal MARAVILHOSO dele no Youtube – que é este AQUI e também um pouquinho do quarto dele. Vamos lá?

“Estou me jogando no youtube por que gosto de ensinar, acredito em ambientes democráticos da rede e que o youtube é uma super plataforma para isso. Além de ser uma forma de me comunicar mais diretamente com as pessoas.

Então pensei: se vou fazer isso, vou fazer direito.

Tenho uma equipe que me ajuda e fiz uma grande reforma na cozinha para que ela virasse um “personagem” também. Mudo os objetos de lugar e colocar novos objetos na cozinha para que se adequem ao tema da receita.

Mas, acima de tudo, mudei minha cozinha para abrir minha casa e minha paixão para todos que assistam ao canal.”

Na reforma da cozinha quem deu as dicas e da ideia de colocar o balcão e as prateleiras foi o super Gustavo Calazans 😉 E aqui o Lucas compartilha um pouco quem fez o que.

  • Plantario – plantario.com.br
  • As prateleiras que ocupam a volta da casa inteira foram feitas pela marcenaria do Luis Fernandes. (11) 97515-6743
  • O balcão central da cozinha é na verdade uma ilha que vendia pronta na Tok & Stok!

  • Com o carrinho lateral (na foto não sei se dá para ver bem, mas é um de metal que fica encostado na parede) ficou do mesmo tamanho que tinha sido desenhado e foi algo que simplificou muito pois a idéia inicial era fazer em alvenaria (muito bonito também, mas elevava o custo de forma desnecessária no momento).

Olha só este plantário que bacana! o Lucas vai te contar mais sobre ele:

Gosto de plantas, ervas frescas e temperos frescos. Uma solução para mim que viajo muito foi o PlantárioFica abaixo da minha pia e sozinho cuida de todas as plantas para mim por um bom tempo e é de fácil uso e manutenção.” Anota a dica se vc tb gosta da idéia hein!

Agora eu quero que vc repare em uma coisa: nos detalhes da cozinha do Lucas. Olhando bem você verá que tem referências de várias nacionalidades e cantos do país. Isso pq o Lucas viaja bastante, viaja sozinho, acompanhado, tanto faz, o importante é que esta na estrada e fazendo viagens interessantes sempre. Aproveitei o tema para perguntar afinal, como é viajar sozinho, coisa que muita gente nem ousa fazer…

Viajar sozinho é uma daquelas coisas na vida que exige aprendizado e alegria.

É verdade que poucas coisas são tão boas na vida do que desfrutar da companhia de um bom amigo. Mas, há suas vantagens: tenho liberdade para minhas pesquisas, visito restaurantes, museus e parques e caminho a cidade inteira se possível.

Nessas viagens a coisa mais importante é sempre aprender a estar de coração aberto, disposto e interessado. Além disso, o senso de humor de cada lugar é muito particular. Por isso, um sorriso, falar a língua local (ou ao menos carregar um dicionário estilo Berlitz para conseguir estabelecer uma comunicação básica) e procurar entender os costumes locais são importantes.

Vejo paisagens que não imaginava, conheço novas cores, flores e arquitetura. Me encanto com os temperos e os costumes. Mas no fim do dia, são as relações que me permito ter em cada lugar o mais revelador em todos eles. 

As pessoas que conheço me explicam os processos dos pratos, detalhes sobre os locais e compartilham de sua filosofia.

Anthony Bourdain diz: é impossível permanecer e ser cínico com o mundo depois de muitas viagens.”

“As pessoas que você conhece, as histórias que compartilham, sua interação com o espaço muda. O convívio, quando real, por mais efêmero que seja, pode ser muito transformador.”

Bom essa é a casa do Lucas, espero que você tenha realmente gostado de conhecê-la, pq eu ADOREI! E gostei também do que ele escreveu sobre sua relação com o espaço. Olha só:

“Desde criança sempre colecionei brinquedos, objetos e livros. Com o tempo o gosto evoluía e meu senso estético também. Doava então minhas coleções para outras pessoas e iniciava algo que me representasse durante aquele período da vida. Primeiro no meu quarto, depois quando me mudei a primeira vez para um apartamento e então na casa que conhecem. 

Eu me divirto muito com a forma dos objetos, em fazer com que cada ambiente transmita um sentimento para mim.

Assim fui ocupando cada lugar com um pouquinho de mim e do que trago de viagens.  Mas nunca acumulando: desapego, dou para amigos, levo a igreja e creches. 

Não é fácil ser um colecionador kitch. Ou aprende a renovar ou a casa virá um depósito.

Sei que é clichê – mas é para isso que clichês existem. É a casa de um canceriano, Com ascendente em virgem e lua em sagitário. Não consegui escapar de cada um deles e deixar um pouco da minha marca no meu lar.”

You Might Also Like

4 Comentários

  • Responder Open House | Lucas Corazza - 1ª Parte | Casa de Valentina março 7, 2017 at 1:35 pm

    […] Open House | Lucas Corazza – 2ª Parte | Casa de Valentina março 7, 2017 at 12:00 […]

  • Responder Cristiane março 7, 2017 at 7:01 pm

    Que casa gostosa Lucas! Amei as plantinhas… a miniatura de Corazza e o clima feliz.
    Um grande beijo. Admiração…

    Cris Marcioto

  • Responder Soely Todorovic março 8, 2017 at 12:48 pm

    Amei

  • Responder Re março 12, 2017 at 7:35 pm

    A cor da parede, o revestimento de madeira, aquele filtro de barro , é tudo , e água é uma delícia! !!!! Os adornos, tudo de muito bom gosto e harmonioso!!!!!!

  • Deixe uma resposta