Continuando mais um Open House! Como gosto de fazer esse quadro, conhecer a casa das pessoas, como elas vivem e suas histórias é divertido e especial, e na casa da Lina Miranda, dona da Square Foot, não poderia ser diferente!

A Lina adora receber as pessoas e posso dizer com propriedade que ela é uma excelente anfitriã. Por mais que a casa seja grande, mais precisamente 420m², todos os cômodos são aconchegantes e movimentados, é uma casa com ar de casa mesmo. O décor é inteirinho do Luiz Otávio Debeus, designer de interiores, persona divertidíssima e uma biblioteca de boas referências. O trabalho do Luiz é minucioso e delicado; ele planejou e organizou os elementos nos espaços da casa, tomando como partido o acervo da Lina:

“Eu gosto de usar o que o meu cliente tem! A Lina tem uma veia contemporânea; um pouco de modernismo, de 40’s, 50’s, então fui permeando esses estilos e sugerindo acabamentos que dessem esse clima e esse mix.”

A Lina e o Luiz são amigos há muitos anos, resultando em uma sintonia incrível, ele sabe ler o estilo e as necessidades da Lina quando o assunto é decoração melhor que ninguém, motivo pelo qual ela nem hesitou na hora de decidir quem faria a parte de interiores da casa nova. O Luiz reformou alguns móveis para estabelecer a relação estética + funcionalidade nessa fase da vida da moradora, e os ambientes foram produzidos com muita harmonia, acredito que uma das parte mais difíceis da profissão rsss

Muitos pensam que os designers são responsáveis apenas por colocar quadros e vasos no espaço, mas não é só isso! O Luiz desenvolve móveis; coordena projetos de interiores desde a escolha do acabamento do piso, à flor que vai no vaso; faz os desenhos técnicos necessários; cuida de cronogramas, prazos e orçamentos; gerencia a mão de obra que vai trabalhar na casa do proprietário e por aí vai… Nada simples, né?

Como o próprio Lu diz: “Se você gosta de algo, pesquise MUITO sobre!”, então além do Instagram dele, algumas referências de sua biblioteca pessoal de pesquisas:

UAAAL, quanta coisa! Pois é, na tarde que estive com a Lina e o Luiz tricotamos muito e batemos altos papos, então nossa entrevista não poderia ser nada menos que muito divertida:

Fotos: Rafael Renzo