Open House | Juliana Matalon – 2ª parte

Chegou a hora de continuar o tour pelo apartamento lindo da Juliana Matalon, preparados? Como adiantei no post anterior, o processo de decoração será o nosso assunto principal, mas também irei mostrar com mais detalhes a área íntima do apê, que é tão charmosa quanto o resto da morada. Vamos lá?

Bom, enquanto a obra pesada se desenrolava no living, a arquiteta partiu em busca das peças perfeitas para compor os ambientes da maneira que sempre sonhou. Lembra que o conceito do projeto era criar um espaço neutro que pudesse ser adaptado com o passar do tempo? Pois bem, outro ponto positivo dessa proposta foi a possibilidade de inserir elementos coloridos na decoração sem cair em exageros.

Como a Juliana tem um olho treinado para a estética contemporânea, aproveitou para incluir nos ambientes peças imponentes, algumas delas com toques coloridos e praticamente todas elas assinadas por designers renomados. Dessa forma, a arquiteta conseguiu dar o devido destaque a cada um dos móveis. Um dos seus favoritos é o banco Tiras, da ,Ovo, formado por faixas estofadas que misturam tons neutros de cinza e bege com cores vibrantes, como o magenta e o laranja. “Ele estava pronto na loja. Amamos tanto que quisermos levá-lo do jeito que estava!”, revela. O living comporta ainda duas poltronas Redondo, de Patricia Urquiola, em um tom lindo de rosa queimado, e a poltrona Esfera assinada por Ricardo Fasanello. Esta última, que também é queridinha da moradora, ganhou lugar de destaque na sala de estar principal.

A Ju me contou ainda que considera o apartamento um reflexo da sua personalidade: “A minha casa sou eu, básica mas um pouco ousada, com garimpos e peças mais importantes, uma mistura de tudo com harmonia. Acho o estilo da decoração bastante eclética e sem muitas tendências e modinhas”. E não é que ela tem razão! Cada item selecionado por ela e o marido tem um porquê, relaciona-se com histórias do casal ou revela um pouco mais sobre a família. E como não poderia deixar de ser, a arquiteta adora brincar com a decoração de tempos em tempos, trocando itens de lugar ou acrescentando novos achados ao décor:

“Algumas peças guardo por um tempo para dar espaço para as novas aquisições e depois vou recolocando tudo no lugar. Adoro o caráter mutável do projeto”

Reparou como o apartamento desta família é superaconchegante, convidativo e sem frescuras, mesmo com tantas peças de design e obras de arte? Isso porque, mais do que um projeto digno de revistas, esta casa é um lar de verdade! Agora, convido vocês a conferirem a entrevista que fizemos com a Juliana e espiarem o décor dos quartos, tão lindo quando a área social, olha só: 

2018-12-20T12:01:04+00:00 Categories: Decoração, Open House, Apartamentos|Tags: |

Deixar Um Comentário