Como chego nas casas e apartamentos que gravo o Open House? Bom, algumas fuçando nas redes sociais, indicações de pessoas conhecidas ou quando me mandam o projeto por e-mail, como foi a casa dessa semana. Quando recebi as fotos da nova morada da arquiteta Giovana Giosa, sócia do Studio AG, fiquei impressionada com a arquitetura e na hora já marquei para ver todos os detalhes de perto!

A Giovana é sócia da Amanda Castro no Studio AG, elas se conheceram na faculdade e desde então são muito amigas! O escritório é resultado de uma irmandade e parceria, as meninas trabalham juntas em todos os processos em mesas quase grudadas hahaha

Vamos à casa! Logo que a Giovana se casou, ela e o marido começaram a procurar alguns terrenos em São Paulo para construírem a casa dos sonhos. Alguns pontos eram bem importantes, como a localização e a vontade de estar perto da natureza. Durante a busca, eles encontraram esse terreno no Jardim Paulistano e não tiveram dúvidas que seria o escolhido, já que era completamente envolto pelo quintal do vizinho que, para a sorte deles, é super arborizado e com um paisagismo lindo:

“O projeto começou com a vista para as árvores quando resolvemos elevar o pé-direito para continuar vendo a copa delas…”

Olhando as fotos e principalmente in loco, é chocante o fato de a Giovana e a Amanda terem projetado uma casa de 450m² em apenas um mês, época no escritório que ficaram imersas nesse projeto, e acabou saindo do papel mais rápido do que elas imaginavam. O ponto de partida foram as duas águas do telhado, que inicialmente eram retas e tradicionais, mas no fim foi necessária uma inclinação para melhorar a passagem no terraço que, além de modernidade, trouxe o aspecto de lar que a Giovana tanto queria para a morada.

Fiquei impressionada com os recortes de arquitetura lindos que a casa tem, a Giovana me contou que já tinha ideia do que queria, mas que não foi tãaao simples. Projetar para si mesma foi um desafio interessante, pois mesmo com a questão de conhecer e querer de tudo um pouco que o universo da arquitetura oferece, ela investiu e inovou em um projeto que acredita fielmente em todas as escolhas:

“Quando você vai fazer sua própria casa, quer que fique diferente. A fachada é super diferentona, não é qualquer pessoa que toparia, foi uma ótima oportunidade profissional e pessoal.”

O interior da morada é muito ventilado, fora que luz natural não falta. É um projeto muito bem resolvido nessa questão, pois terreno comprido e estreito é sempre receita fácil para deixar o ambiente escuro, mas que as meninas souberam driblar muito bem. Não estou exagerando, é uma das casas mais iluminadas que já fui! Quem assina o paisagismo é o Alex Hanazaki, que arrematou com as paredes verdes da área externa e trouxe mais frescor e conforto para o lugar!

Ainda tem muito para falar sobre minha passagem pela casa da Giovana, então deixarei para ela mesma te mostrar amanhã a área íntima e o terraço no super tour que fizemos! Não esquece de voltar aqui 😉

Fotos: Rafael Renzo

Fotos: Fernando Guerra