MONTANDO O QUARTINHO DO BEBÊ



 

Todas as mamães de primeira viagem devem concordar que o processo de montar o quartinho do bebê é uma delícia a parte! Escolher com carinho a cor das paredes, os móveis certos para o espaço e criar ali um mundinho só dele é realmente uma experiência especial… Mas antes de tudo é preciso pensar bem, colher referências e pesquisar quais são os itens funcionais que não pode faltar.  Bom, para te ajudar com esses detalhes, pedimos dicas para a arquiteta Julia Mallemont, que comanda o escritório Mallemont Arquitetura, ao lado da irmã Joana, e acaba de se tornar mãe do pequeno Miguel!

 

DECORAÇÃO TEMÁTICA, MAS SEM EXAGEROS

O quarto do Miguel tem um tema central, mas que não sobrecarrega o décor. A dica aqui é basicamente uma questão de equilíbrio: não tentar combinar todos os móveis e objetos e deixar o tema aparecer em pequenos e charmosos detalhes. O malabarista dando boas-vindas na porta do quarto, o teto pintado de listras imitando lona e o palhacinho enfeitando a cômoda são alguns desses toques sutis que trazem para o ambiente o clima do circo sem pesar.

 

Decoração de: Detalhes; adorno aramado; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; teto pintado; Casa de Valentina

 

REAPROVEITANDO MÓVEIS ANTIGOS

É comum querermos começar uma nova etapa da vida nos livrando de coisas velhas para deixar entrar apenas as boas e novas energias. No entanto, é bacana manter ao seu redor objetos e móveis antigos que tenham significados especiais para você e para a família toda – sem contar que você acaba economizando uma graninha nesse processo, rsss.  No caso da Julia, ela decidiu reaproveitar a cama, o armário e a poltrona que já existiam no quarto antes da chegada do Miguel.

 

Decoração de: Quarto de bebê; cama prateada; Casa de Valentina

 

CHARME NOS ITENS INDISPENSÁVEIS

Berço, trocador, poltrona de amamentação, kit higiene…  Esses são alguns dos itens que não podem faltar no quartinho de um recém-nascido. Já que eles vão ter que estar ali e você vai conviver bastante com eles, a melhor coisa é aproveitar para torna-los itens decorativos. Para o quarto do Miguel, a cômoda com acabamento em laca branca e puxadores coloridos serve, ao mesmo tempo, de lugar para guardar peças do enxoval e apoio para o trocador e a bandeja do kit higiene.

 

Decoração de: Detalhes; cômoda branca; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; cabideiro Charles Eames; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; kit higiêne de coelho; Casa de Valentina

 

DISTRIBUIÇÃO INTELIGENTE

Uma boa distribuição dos móveis é essencial, afinal, você vai precisar circular por ali durante a noite e com o seu bebê nos braços. Além de escolher peças que tenham um tamanho adequado para o espaço, vale pensar na melhor disposição de cada uma para facilitar as atividades diárias e otimizar ao máximo as tarefas. Por isso, Julia decidiu que o melhor lugar para acomodar o berço era perto da porta do quarto, já que a posição facilitaria o ir e vir dos pais para os cuidados diários com o bebê.

 

Decoração de: Detalhes; berço branco; Casa de ValentinaDecoração de: Quarto de bebê; parede bege; Casa de Valentina

 

CORES E MAIS CORES

É comum as decorações para quartos de recém-nascidos serem bem neutras, priorizando o aconchego visual para que os pequenos não tenham muitas distrações e durmam como anjos. Mas as cores também são importantes e estimulam as suas primeiras etapas de desenvolvimento. Por isso, invista em pequenas pinceladas coloridas sem medo! Entre os destaques da decoração do ninho do Miguel, estão o adesivo de circo trazidos pela mãe de uma viagem, as listras brancas e laranjas no teto que lembram as lonas das arenas e acessórios como o relógio de elefante e o malabarista.

 

Decoração de: Detalhes; adesivo de parede; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; bichinho de crochê; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; mobile de madeira; Casa de Valentina

Mallemont Arquitetura

2015-01-02T12:30:00+00:00 Categories: Decoração, Casas|

Deixar Um Comentário