Lareiras a lenha, a gás, ecológicas, portáteis, com chaminé, para a área externa… A variedade de modelos é tão grande hoje em dia que é natural que as dúvidas sobre qual escolher se multipliquem, não é mesmo? Recebemos um montão de perguntas dos nossos leitores que sonham em ter um cantinho com lareira em casa mas não sabem muito bem por onde começar. Pois, chegou a hora da nossa expert no assunto, a arquiteta Flávia Gerab, esclarecer algumas delas. Vamos lá:

@dredonadio: As lareiras com fluido
ecológico podem ser ligadas dentro de casa?

Flávai: Sim!! As lareiras ecológicas são as únicas que podem ser
usadas dentro de casa – sem a coifa de respiro ou ventilação cruzada – pois como
não queima oxigênio (e transforma em gás carbônico) ela não é tóxica. Essa, em
exemplo abaixo, é do Gil Cione na Casa Cor.



E essas outras abaixo são de projetos lindos da Ana Maria
Vieira Santos:


@rdmoyses: Gostaria de saber se
as lareiras a álcool funcionam bem e com qual tipo de álcool. 

Flávia Gerab: As lareiras a álcool funcionam superbem. Na
verdade, acho que são as lareiras mais adequadas para nós que vivemos em um
país tropical. Elas aquecem bem um ambiente de 30 m² a 100 m², mas é um calor
agradável, por volta de 80 graus. O álcool usado é de cereal, que é puríssimo (o
mesmo é usado na farmacologia e em perfumaria). Ele tem acima de 92 graus o que
mantém a chama bonita e uniforme. O álcool vendido hoje em dia é misturado com
água e não consegue manter a chama acesa.

Curiosidades a parte, as estruturas das lareiras ecológicas são feitas
com uma parede dupla de aço inox revestida com manta cerâmica por dentro. Essa
manta absorve o álcool de cereal e permite que a lareira fique de 1 a 6 horas
acesa, dependendo do tamanho. Essa do
meu projeto da Casa Cor (abaixo) ficava acesa por 5 horas!

@nadiamuller: qual é a dica da televisão acima da lareira? /
@anaandreis: gostaria de saber as dicas para colocar a televisão na parede da
lareira.

Flávia: Nadia e Ana, essa é uma pergunta boa! Muitos clientes meus
chegam com a mesma duvida. É possível ter a televisão acima da lareira tomando
alguns cuidados. A altura do nicho onde fica a chama precisa ter 60 cm, no
mínimo (o ideal é 70cm), e a televisão tem que ficar a uns 25 cm do nicho. Esse
nicho deve ser revestido com pedra, mármore, metal, cimentícios ou tijolos
refratários. Aqui vai uma dica: materiais sintéticos com silestones ou
marmoglass não funcionam, isso no caso da lareira ecológica.

Se a lareira for a lenha ou a gás é necessária a aplicação
de uma manta cerâmica entre a coifa e a parede da televisão. Eu amo esse
projeto da Zize Zink, que é um bom exemplo:


@flaviaandressa: Posso ter lareira sem chaminé? Quais as
opções?

Flávia: Sim Flávia!
Desde que seja ecológica. Ou se for a gás e tiver ventilação permanente
cruzada. Neste meu projeto abaixo eu usei uma lareira ecológica pela
praticidade, mas fiz uma “mascara” para deixá-la com cara de lareira a lenha
que o projeto era mais
clássico.


Neste projeto abaixo, o Murilo Lomas optou por uma lareira
ecológica
e também usou esse mesmo truque visual: 


… E aqui em versão mais moderninha:


@camisnw: O que fazer em uma lareira de canto, apenas
rebocada e pintada, com o piso da sala direto nela? Revestir? Colocar uma borda
no piso para não danificar? Quais as ideias para lareira de canto?

Flávia: Cami, eu não
sei qual é o piso da sua casa… Se for madeira, com certeza não é uma boa ter
a lareira direto nele. Mesmos se não for, eu recomendo que você faça uma base revestida
de uns 30 cm de altura. Se a lareira for a lenha, é importante revestir a base
e a parede com tijolo refratário. Se não, você pode colocar pedra, cimento,
tijolo ou mármore. Pense também em revestir a parede, para que ela não fique
preta com a chama. 
É legal também
investir em uma tela de proteção, pois as fagulhas também podem danificar o
piso. 

Agora, se fosse na minha
casa, eu usaria uma salamandra ou uma lareira suspensa, acho tão fofas! Veja
abaixo:


E aqui uma foto doambiente do Dado Castello Branco na Casa Cor deste ano:



Nesta última foto, podemos ver a questão da base. Além
disso, perceba como o visual fica legal com a mistura de materiais!