Criei o Casa de Valentina em 2008 e de lá até hoje nunca fiquei tantos dias sem postar rssss Sério, estou com um pouco de peso da consciência, mas é que esse final de ano foi tão puxado que eu me dei o direito de alguns dias offline, por mais incrível que pareça, ao menos para mim e meus familiares.

Bom, mas estou voltando hoje cheia de energia e com muitos planos para colocar em prática.

E o primeiro post de 2018 será sobre o meu Natal. Mais um ano eu tive que me dividir entre a familia do meu marido e a minha, mas acho que no próximo mudaremos isso, com duas crianças fica complicado fazermos esse processo. Vamos ver como nos organizaremos este ano…

Vamos as fotos? Achei esta referência AQUI no Pinterest e quis muito algo semelhante em casa, quero dizer, na casa da minha mãe, que conversou com a Cristina, da Marikos Flores e montaram essa mini floresta na mesa da varanda. Achei que ficou lindo e bem diferente. Vc gostou também?

Bom, quem acompanha os almoços e jantares na minha mãe sabe que ele capricha demais nas sobremesas né… não dá nem para pensar em começar a fazer dieta frequentando a casa dela kkkk Sente só…

Esta é uma receita de um bolo molhadinho de castanhas que a minha avó Almery fazia e que a minha Tia Beth hoje faz em todas as datas especiais. É divino <3

Esta é uma receita de um pudim de marron glacê super leve e diferente que minha mãe pegou no livro “À Mesa com Proust” que recria o universo das receitas que o escritor francês conta nos seus livros.

Esse é um Devil’s Cake que ela fez no Natal anterior e foi sucesso de bilheteria, então teve repeteco

Bom, e como tem criança em casa, minha mãe montou uma pequena vila natalina na lareira para o Bento curtir. Ela usou algumas casinhas que comprou na Divino Espaço e muitas outras de uma coleção que eu tenho. Olha que graça o resultado final:

Dia 24 passamos na minha avó Lucila. Como sempre, a mesa estava impecável 😉

Fotografei em especial essa salada de presunto cru e figo, além de linda e MARAVILHOSA, acho que farei um vídeo de Dailva (cozinheira que trabalha na minha mãe) ou da neneca (cozinheira que trabalha na minha avó) montando, vamos ver…