esqueci minha senha
CADASTRE-SE

ou se preferir faça login com facebook

LOGIN COM O FACEBOOK

BLOG

FLÁVIA GERAB RESPONDE | COZINHAS INTEGRADAS

COMPARTILHAR

26.03.2015 10:55:00

INTE_
RIORES

Cozinhas & Copas

FLÁVIA GERAB RESPONDE | COZINHAS INTEGRADAS

 

Quem não sonha em ter uma cozinha linda, planejada e aberta para o living, como aquelas que andam bombando nos sites e revistas de decoração, né?  No entanto, uma cozinha integrada bem resolvida vai além da simples derrubada da parede que a divide do restante da casa. É preciso escolher com cuidado os revestimentos que serão utilizados para que o resultado fique funcional e visualmente impactante.

 

Para te ajudar com esse detalhe importantíssimo, pedimos para que a nossa nova colunista, a arquiteta Flávia Gerab, respondesse algumas das questões  que recebemos de vocês lá no Instagram e por e-mail também! Prontos para as dicas?

 

Decoração de: Detalhes; detalhe verde; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; bancada de concreto; Casa de Valentina

 

Estou planejando fazer uma bancada na ilha gourmet substituindo o granito da pia por placas cimentícias polidas. Você vê alguma restrição?

 

Flávia: Como o concreto é poroso acaba não sendo muito higiênico no manuseio dos alimentos. Aí seria legal sempre cortá-los em uma tabua adequada. Outro problema que vejo é que ele mancha fácil. Tem gente que não liga e trata eventuais trincas e manchas como característica do material, mas seria essencial fazer algum tratamento com verniz específico para ajudar (não resolver, ok?) a questão da umidade. Agora, bonito realmente fica! Outra hipótese seria apenas revestir o granito com uma massa cimentícia com “cara” de cimento. Aí, quem sabe, você não precise nem retirar a bancada existente.

 

Decoração de: Detalhes ; adesivos para azulejo; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; adesivos coloridos para azulejo; Casa de Valentina

 

É possível colocar adesivos de azulejo no chão, por exemplo, da cozinha?

 

Flávia: Os adesivos de azulejo são especificados para parede (ou eletrodomésticos tipo geladeira). Para piso eles são muito sensíveis e danificarão rapidinho.

 

Decoração de: piso epoxi colorido; Casa de ValentinaDecoração de: Cozinha integrada; piso epoxi branco; Casa de Valentina

 

O epóxi é recomendado para aplicação no piso (da cozinha) e paredes?

 

Flávia: Sim! O epóxi é recomendado tanto para piso como para a parede. Ele é resistente e, como não tem rejunte, não junta bactéria. O importante é saber a diferença entre tinta e revestimento epóxi. O indicado é o revestimento! Só cuidado com a água. Passar um pano molhado com rodo para limpeza é ok, mas jogar um muita água pode danificá-lo.

 

Como, de fato, colocamos resina epóxi? É possível ser sobre o piso existente? Tem que ser uma empresa especializada?

 

Flávia: O revestimento epóxi autonivelante pode ser usado sobre pisos préexistentes (desde que estejam nivelados). Mesmo se tiver o rejunte da cerâmica, por exemplo, ele não aparece na superfície, é um revestimento líquido que seca e endurece e precisa de mão de obra especifica sim.

 

Decoração de: Cozinha integradaDecoração de: Cozinha integrada cozinha branca; Casa de Valentina

 

O piso vinílico é indicado para cozinha? Pode ser aplicado sobre o piso de cerâmica existente? Ele permite ser lavado?

 

Flávia: Existem pisos vinílicos que são específicos para áreas molhadas e por isso 100% resistentes à umidade. Um que eu costumo indicar é o Aquaclic. Ele tem um padrão que imita madeira e deixa a cozinha “quente”, sabe? Bem aconchegante. Pode ser usado sobre o piso de cerâmica existente desde que ele esteja bem nivelado.

 

Decoração de: Cozinha integrada; porcelanato cinza; Casa de ValentinaDecoração de: Cozinha integrada; piso de madeira; Casa de Valentina

 

Queria saber que tipo de piso eu devo usar para integrar a sala com a cozinha. Precisa ser o mesmo modelo? Existe alguma regra que devo seguir?

 

Flávia: Olha, usar o mesmo modelo funciona muito bem porque você acaba tendo a impressão de um único ambiente com cozinha e sala, entende? Agora, se não for usado o mesmo material, indico que não use cores muito contrastantes. Por exemplo, se você tem uma piso de madeira clara na sala e quer um piso prático para a cozinha eu recomendaria um tom (de porcelanato, por exemplo) bege mais queimado. Aí o choque não existe e por mais que sejam dois tipos de revestimentos diferentes eles se harmonizam.

 

Decoração de: Cozinha integrada; pisos diferentes; Casa de ValentinaDecoração de: Cozinha integrada; apinel de madeira preto; Casa de Valentina

 

Gostaram da nossa super consultoria?? Então, fique de olho nas nossas redes sociais que em breve anunciaremos o tema da próxima coluna! Depois disso é só deixar um comentário por lá ou mandar suas dúvidas para carolina@casadevalentina.com.br, que a Flávia irá responder algumas delas a cada 15 dias aqui no blog. ;)

 

Decoração de:

FOTOS POR ...

Flávia Gerab | Pinterest

IDEAIS DELICADAS PARA DECORAÇÃO DE PÁSCOA

COMPARTILHAR

25.03.2015 10:00:00

RECEBER
COM CHARME

Datas Especiais

IDEAIS DELICADAS PARA DECORAÇÃO DE PÁSCOA

 

Quando os ovos de chocolate começam a aparecer nas prateleiras dos supermercados é sinal de que a Páscoa está chegando! Época deliciosa para reunir a família em volta da mesa e compartilhar um delicioso almoço recheado de pratos tradicionais. Bom, mas como por aqui o nosso assunto favorito é a decoração, reunimos dicas simples para enfeitar o seu domingo de Páscoa usando um dos seus maiores símbolos como protagonista: o ovo.

 

Decoração de: OVOS UCRANIANOS; Casa de ValentinaDecoração de: ovos pintados a mão;  Casa de Valentina

 

Aposto que você já ouviu falar destes ovos coloridos, com desenhos intricados, todos feitos à mão, não é mesmo? Pois bem, os chamados ovos ucranianos fazem parte de uma tradição milenar do país. Eles eram produzidos como presentes às divindades que anunciavam a chegada da primavera e, mais tarde, com o surgimento do Cristianismo, passaram a simbolizar também a Páscoa e a Ressurreição de Cristo.

 

Que tal, então, se inspirar nesse ritual na hora de criar a decoração da sua mesa? Com um pouquinho de tinta, purpurina e muita criatividade, seus ovos pintados no estilo ucraniano serão o centro das atenções. Inspire-se nas imagens que selecionamos:

 

Decoração de: ovos pintados de amarelo;  Casa de ValentinaDecoração de: degradê com ovos coloridos;  Casa de ValentinaDecoração de: prato de bolo;  Casa de ValentinaDecoração de: ovo com carinha;  Casa de ValentinaDecoração de: ovos pintados;  Casa de Valentina

 

Outra ideia muito delicada e simples de ser reproduzida á a dos mini arranjos de flores que usam cascas de ovos como vasos. Basta quebrar o ovo com cuidado, lavá-lo e decorá-lo com pequenos botões, flores miúdas ou até mesmo suculentas e folhas. Para expô-los com ainda mais graça, use aqueles copinhos especiais para servir ovos cozidos ou customize a caixa de ovos tradicional. Hora de conferir algumas referencias e mãos a obra!

 

Decoração de: suporte para ovo de porcelana;  Casa de ValentinaDecoração de: copo para ovo cozido;  Casa de ValentinaDecoração de: ovos dourados; Casa de ValentinaDecoração de: arranjo de flores no ovo;  Casa de ValentinaDecoração de: ovo pintado em degradê;  Casa de ValentinaDecoração de: casca de ovo como vaso;  Casa de ValentinaDecoração de: vaso de suculentas;  Casa de ValentinaDecoração de: suculentas;  Casa de ValentinaDecoração de: enfeite de páscoa para a janela;  Casa de Valentina

JARDIM URBANO

COMPARTILHAR

24.03.2015 11:08:00

INTE_
RIORES

Apartamentos

JARDIM URBANO

 

Todo lar merece ter um jardim para chamar de seu. No entanto, quem mora nas grandes metrópoles, acaba esbarrando em diversos dilemas que comprometem a criação do seu próprio espacinho verde. O primeiro deles é a falta de espaço, principalmente em apartamentos – que podem até contar com amplas varandas gourmet, mas que geralmente funcionam como uma extensão do living e por isso são fechadas. O segundo é o cuidado com as plantas, que deve ser rápido e prático, indo de encontro com a rotina movimentada dos moradores. Pensando nessas questões, resolvemos sugerir aqui maneiras de levar a natureza para dentro de casa, até mesmo como parte da decoração. Vamos às dicas?

 

Decoração de: Sala de jantar; parede azul; Casa de Valentina

 

1# ESPÉCIES APROPRIADAS PARA AMBIENTES INTERNOS

Plantas tristes e murchinhas pelos cantos... Todo mundo já passou por uma situação como essa, né? Provavelmente a causa para a vida curta do seu vaso não é a falta de cuidados. Para se ter plantas duradouras, principalmente dentro de casa, é preciso optar por espécies mais resistentes, que não necessitem de muita manutenção e de exposição direta ao sol. Algumas boas opções são as figueiras, como a Árvore-da-borracha (Ficus Elastica) e a Ficus benjamina, Pau D’Água (Dracaena fragrans), Espada-de-São-Jorge (Sansevieria trifasciata), Costela-de-adão (Monstera deliciosa), cactos e suculentas variados.

 

Decoração de: Detalhes; cachepot aberto; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; vaso branco; Casa de ValentinaDecoração de: Sala de estar; aparador branco; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; cesto cachepot; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; armário azul; Casa de Valentina

 

2# ESCOLHA UM BOM LUGAR

Luminosidade é sempre importante tratando-se de plantas. Por isso, opte por cantinhos de luz indireta, tendo sempre em mente a espécie que será utilizada – algumas preferem meia-sombra, outras se dão melhor com um pouco mais de luz. É importante prestar atenção também se o local reservado para elas é muito próximo do ar condicionado (algumas plantas são menos resistentes ao vento gelado e seco do aparelho) e se esse cantinho tem espaço suficiente para o seu desenvolvimento. Ahh, e não se esqueça de deixa-las em um lugar de onde possam ser observadas de qualquer ângulo, complementando a decoração do ambiente.

 

Decoração de: Detalhes; sofá azul claro; Casa de ValentinaDecoração de: Sala de estar; tapete étnico; Casa de ValentinaDecoração de: Sala de estar; sofá de couro marrom; Casa de ValentinaDecoração de: Sala de televisão; chaise de madeira; Casa de ValentinaDecoração de: Sala de jantar; mesa de jantar retangular branca; Casa de Valentina

 

3# APROVEITE AS PAREDES

Está faltando espaço para os vasos na sua casa? Então aposte nos jardins verticais. Eles podem ser instalados nas paredes da varanda ou até mesmo em cômodos como o living e a cozinha – no caso de uma mini horta. Um jardim vertical plantado diretamente na parede depende de mecanismos complexos de irrigação e controle de umidade, mas é possível ter o mesmo efeito com prateleira, estantes, aramados, ganchos e estrados de madeira acompanhados de vasinhos presos à essas estruturas.  

 

Decoração de: Detalhes; parede azul; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; vasos de barro; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; cachepots de lata; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; armário de vidro; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; mini estrado de madeira para planta; Casa de Valentina

 

4# CAPRICHE NOS VASOS E CACHEPOTS

As plantas por si só são lindas e bastante ornamentais, mas é possível deixar o visual ainda mais interessante lançando mão de alguns acessórios decorativos e até mesmo objetos inusitados. Vasos e cachepots bonitos, coloridos, em formatos engraçados e originais são peças certeiras para esse fim. Mas se você gosta mesmo é de uma novidade, tente adaptar utensílios que exercem outra função no lugar dos vasinhos. As xícaras, latas com jeito retrô, porta-lápis e até os potes de compota dão lindos suportes para as plantinhas.

 

Decoração de: Detalhes; vaso de madeira assimétrico; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; cachepot de corda; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; vasos divertidos; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; terraios pendentes; Casa de ValentinaDecoração de: vasos pintados; Casa de ValentinaDecoração de: xícaras româmticas;  Casa de Valentina

 

Gostou das dicas? Então, aproveite para conferir alguns vasos e cachepots que vão deixar o seu jardim urbano ainda mais charmoso:

 

Decoração de:

FOTOS POR ...

Pinterest | Domaine Home | SF Girl By Bay | Urban Outffiters | Poppytalk |

OPEN HOUSE | IRENE ALVES

COMPARTILHAR

23.03.2015 11:11:00

INTE_
RIORES

Open House

OPEN HOUSE | IRENE ALVES

 

Quando entramos em um lugar e logo sentimos uma energia contagiante, é por que ali vivem pessoas cuidadosas, carinhosas e alegres. O lar da professora Irene Alves e de sua família não poderia ser diferente, já que sua proprietária tem um jeito doce de ser que transparece nas cores e objetos que compõem os ambientes. E pensar que esta história começou meio ao acaso... O apartamento de 213m², havia chamado a atenção de Irene através da publicidade impressas em revistas e estandes, mas apesar de gostar bastante do projeto, ela nunca tinha pensado em mudar-se de Pinheiros para o bairro Vila Mariana. No entanto, como em qualquer história de amor, esse foi apenas o primeiro passo da conquista.

A FAMÍLIA PROCURAVA POR UM IMÓVEL AMPLO QUE ACOMODASSE TODOS CONFORTAVELMENTE.

Curioso para conhecer de perto o apê, o marido de Irene decidiu ir visita-lo, e quando chegou ao local, logo se encantou com o que viu. Engenheiro, observou com olhos técnicos todos os aspectos estruturais da planta muito bem planejada, mas um detalhe em especial foi o suficiente para convencê-lo de que havia encontrado o seu novo lar: a ampla varanda em “u” que abraçava os cômodos sociais. “Ele não quis visitar mais nada! Como ele trabalha na área, achou que não poderia ser melhor do que isso”, explica a moradora. “Depois disso, ele me convidou para ir conhecer o estande de venda que ainda estava montado. Ficamos loucos por causa da varanda e decidimos fechar negócio!”, complementa.

 

Decoração de: Sala de estar; tapete azul redondo; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; estofado colorido; Casa de ValentinaDecoração de: Sala de jantar; mesa quadrada com tampo de vidro; Casa de ValentinaDecoração de: Sala de estar; al ofadas amarelas; Casa de ValentinaDecoração de: quadros coloridos; Casa de Valentina

 

Foram quatro anos de espera, entre construção e obras, para finalmente receberem as chaves do apartamento. “Foi puxado!”, relembram. Quando ele ficou pronto, Irene e o marido pediram à construtora que não instalasse os acabamentos e assumiram a responsabilidade da obra interna. “Para nós pareceu uma eternidade, mas foram somente 10 meses de quebra-quebra”, completa. Com a primeira etapa concluída, havia chegado o momento mais divertido: a ambientação dos espaços. “Eu sabia que ia precisar de uma profissional de interiores. Vi um trabalho da Adriana Fontana publicado numa revista. Era uma fofa a cozinha que estava na capa! E ali mesmo eu já vi o contato dela, liguei e marquei um horário para conversar sobre o meu projeto”, explica.

 

Decoração de: tapete quadriculado colorido; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; vasos cinzas; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; vasos étnicos; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; rack cinza e vermelho; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; sofá cinza; Casa de Valentina

 

A identificação com a designer foi imediata, já que as duas compartilham do gosto por composições coloridas. “Quando eu entro em um ambiente que é muito marrom, muito bege, eu não sinto o mesmo que eu sinto neste apartamento. Eu acho que ficou uma decoração de sensações”, comenta Irene. Para transparecer a personalidade da moradora em todos os cantos da casa, a profissional sugeriu a criação de uma base neutra que recebesse de forma natural uma segunda camada de cores, agora vibrantes, que apareceriam em detalhes pontuais, como nos enfeites, almofadas, tapetes e até mesmo em alguns revestimentos e móveis específicos.

 

Decoração de: almofada lisa vermelha; Casa de ValentinaDecoração de: rede; Casa de ValentinaDecoração de: Varanda; cadeiras eiffel; Casa de ValentinaDecoração de: Varanda; pastilhas amarelas; Casa de ValentinaDecoração de: Cozinha; ladrilhos amarelos; Casa de ValentinaDecoração de: móvel de madeira; Casa de ValentinaDecoração de: copa; Casa de Valentina

 

Todo processo de decoração foi visto por Irene como uma grande diversão: “Foi a melhor parte, ir às lojas, escolher as peças, decidir. Eu faria um milhão de vezes, é muito bom. Não é uma tarefa estressante, mas muito gostosa”, explica. Mas gostoso mesmo é o ritual diário da família que só poderia acontecer com a mudança para o novo apartamento. A cozinha se tornou o centro deste lar depois de ser ampliada, utilizando alguns metros cedidos pela grande varanda, e integrada à área externa por uma porta de correr. Hoje, Irene, seu marido e as filhas se reúnem todas as noites em volta da mesa da copa acompanhados de uma taça de vinho e de um jantar especialmente preparado por essa mãezona: “Essa é uma atividade diária nossa. Preparar o jantar é o momento de união. Muito mais do que ir para o sofá assistir televisão, eu quero conversar com eles, ficar com eles, saber como foi o dia, como está sendo a rotina”, finaliza.

 

Decoração de: Detalhes; rede branca; Casa de ValentinaDecoração de: Quarto de solteiro; colcha estampada azul e laranja; Casa de ValentinaDecoração de: Detalhes; buda; Casa de ValentinaDecoração de: Quarto de solteiro; bicama; Casa de ValentinaDecoração de: Quarto de solteiro; papel de parede azul; Casa de Valentina

 

Quanta alegria e cor na casa da Irene, né? Adoramos, e vocês? Espie mais um pouquinho na galeria abaixo e não deixe de conferir AQUI a seleção coloridíssima de produtos disponíveis no Casa de Valentina feita por ela!

 

FOTOS POR ...

Fotos: Alexandre Guedes | Adriana Barbosa

TARTARE DE ATUM E BETERRABA

COMPARTILHAR

20.03.2015 09:46:00

RE_
CEITAS

Pratos Salgados

TARTARE DE ATUM E BETERRABA

 

A receita de hoje é perfeita para um jantarzinho a dois no final de semana! Simplérrima de fazer, mas muito deliciosa e impactante, tem um colorido todo especial que faz a gente apreciá-la primeiramente com os olhos. Quem nos ensina a preparar este tartare de atum e beterraba é a Roberta Julião, dona do blog Da feira ao Baile. Achou o nome familiar, não é? É que a blogueira e chef já abriu as portas da sua casa super charmosa para o nosso Open House e ainda recebeu a gente com um bolo caseiro quentinho (veja a receita AQUI).

 

Bom, hora de colocar a mão na massa! Anota aí o passo a passo completo:

 

Decoração de:
 

Ingredientes
 

  • 1 posta de atum (220 gramas) limpa
  • 4 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
  • 1 beterraba média
  • 1/4 de xícara de dill picado
  • ½ cebola roxa picada finamente

 

Modo de praparo

 

Comece o preparo com 1 hora de antecedência para que os sabores e cores se misturem. É importante também que o atum e a beterraba sejam cortados do mesmo tamanho para que se confundam no prato.

Cozinhe e descasque a beterraba. Deixe esfriar e a corte em cubos de cerca de 0,5cm cada. Reserve;

Corte o atum também em cubos de cerca de 0,5cm e reserve;

Pique finamente a cebola e o dill;

Misture todos os ingredientes em um bowl, cubra com papel filme e leve à geladeira por 1 hora;

Retire 15 minutos antes de servir para que o prato não fique muito gelado;

Para uma apresentação mais bonita, enforme no prato com o auxílio de um aro redondo ou um ramequin (aquelas tigelinhas de cerâmica redondas);

Sirva com torradinhas, chips de mandioca ou batata.

 

Bon Appétit!

 

Decoração de: Decoração de:

FOTOS POR ...

Da feira ao baile | Roberta Julião

INSTAGRAM