Wanted Design

Home  /  Projetos  / Wanted Design
Wanted Design 2017-10-31T02:20:46-03:00
05 2014

Wanted Design

18 maio, 2014 |

Project Description

 

Férias nunca é férias de verdade, rsss. Quem ama o que faz sabe bem o que estou falando. Olhem só que mera coincidência… os 10 dias que eu consegui tirar de férias caíram exatamente na data do Wanted Design e da ICFF aqui em NY, rssss! Claro que de coincidência não houve muita coisa, mas para mim, conhecer novos designers e desbravar produtos diferentes é tão prazeroso quanto qualquer outro programa tradicional de férias.

 

Então, vamos lá! Vamos começar pelo Wanted Design que abriu hoje primeiro para blog convidados – e olha que honra, o Casa de Valentina estava entre eles!!! – e depois para a imprensa tradicional e arquitetos. A feira/exposição acontece perto de West Village e recebe designers de diversos países. Todos muito receptivos e ávidos por apresentarem seus trabalhos, mesmo que entre eles tenham alguns já bastante famosos em seus países de origem. 

 

É um passeio realmente interessante para quem está por aqui, mas se vc esta em terras brazucas, como imagino que a maioria esteja, fiz uma seleção do que achei mais interessante, vem comigo.

 

Logo na entrada já tem uma instalaçao linda da Blackbody (primeira foto deste post), mas o trabalho deles é tão bacana que vale um post completo – farei nos próximos dia 😉 

 

Vamos começar então por um bowl que me impressionou muito pelo acabamento, pois ele é, atenção: de CONCRETO! É o seguinte, a Alessi fez um concurso entre diversos estudantes e sugeriu um material. O que executasse a melhor criação ganhava o prêmio e passava a ter suas peças comercializadas pela marca. Não preciso me aprofundar muito para vcs entenderem o motivo pelo qual o italiano Luca Galbusera ganhou, certo? Observem o efeito da peça.

 

 

Bem difícil definir se o trabalho da americana Elish Warlop é arte ou design. Suas luminárias são extremamente delicadas e, como podemos movimentar os círculos, elas desenham diversas sombras na parede. Está entre minhas peças prediletas.

 

 

A estrutur da peça é bem legal, mas o efeito da tepeçaria e seu desenho super simétrico gerou um resultado final imbatível. Quem assina é Michael Yates.

 

 

Filmei para tentar demonstrar o quão leve é esta cadeira desenhada pelo francês François Azambourg. Gente, vcs não estão entendendo, é realmente MUITO leve, ela tem o peso de um notebook pequeno para vcs terem uma ideia e é feita com tecido canvas, os tecidos das telas de pintura.

 

 

Tinha também na feira um coletivo de Quebec. De todos adorei mesmo o trabalho do Tat Chao. Conseguem encontrar nesta mesinha de apoio um prato antigo, dois bowls e duas taças? Procurem bem…. 

 

 

No ano passado eu vi muito essa tonalidade pastel em Milão, mas vi tanto que já nem sei se amo mais rsss… De qualquer maneira gostei para valer do efeito das lâminas de cor entre as placas de vidro e do bordado de couro na madeira criados pela americana Debra Folz.

 

 

Agora, bom mesmo é vir até NY e se apaixonar por trabalho sul americanos, rsss. Encontrei lá um coletivo de designers mexicanos e fiquei simplesmente apaixonada pelo trabalho da designer Ana Paula Alatriste. São tapetes feitos sem nenhuma costura ou cola, 100% trabalhados no encaixe, é realmente impressionante o efeito final.

 

 

O designer Kaleb J Cardenas Z também levou vasos com recortes inusitados e cores lindas, gostei bastante da proposta.

 

 

E para fechar, o também mexicano, David Pompa apresentou trabalhos interessantíssimos que usam materiais e técnicas tradicionais mexicanas mas com design ultra contemporâneo. Destaque para os castiçais feitos de Barro Negro, um barro encontrado em 3 lugares do mundo, um deles o México, claro, e que na queima fica 100% preto.

 

Lucila Zahran Turqueto