Foto: Fran Parente/ Divulgação // Produção: Tiago Cappi // Escritórios: Rua 141 Arquitetura + Zalc Arquitetura

Na arquitetura, o termo “pé direito” corresponde à distância existente entre o piso e o teto de um ambiente. Existem algumas teorias para a origem desse nome, mas o que se sabe é que ele começou a ser utilizado no Brasil por arquitetos e engenheiros durante o período colonial para nomear as principais estacas de madeira que sustentavam as construções. Durante muito tempo, inclusive, um espaço maior entre o chão e o teto era símbolo de poder e riqueza, reafirmando o status de seus moradores.

Hoje em dia os pés-direitos altos já desceram desse pedestal e podem ser encontrados em diversas casas e apartamentos, mas o que define um pé-direito como normal, alto ou baixo? 

A maioria das casas e apartamentos possuem uma altura padronizada de cerca de 2,5m a 2,8m. Assim, fala-se de um pé-direito alto quando essa média é ultrapassada. O pé-direito duplo, por sua vez, corresponde a pelo menos duas vezes a medida padrão, e, seguindo essa mesma lógica, é possível criar projetos com pés-direitos até mesmo triplos! 

Além de dar maior dimensão aos espaços internos, os pés-direitos maiores também proporcionam economia de energia devido a ventilação cruzada criada pela amplitude.  Vale ressaltar também que, com mais espaço, torna-se mais fácil implementar algumas empreitadas decorativas ousadas, como um mezanino ou grandes lustres que pendem do teto. Lembrando ainda que em uma única residência é possível ter combinações diferentes de alturas ao longo dos espaços.

Entretanto, devido a sensação de amplitude causada por pés-direitos altos, criar uma atmosfera aconchegante para quem convive nesses ambientes acaba se tornando um grande desafio. Pensando nisso, trouxe algumas inspirações de projetos que conseguiram valorizar esses espaços e ainda sim manter a cara de casa ao invés de showroom rss Dá só uma olhada:

Fotos: Monica Assan/ Divulgação // Escritório: Im Arch Design

Fotos: André Nazareth/ Divulgação // Escritório: Paola Ribeiro 

Fotos: Fran Parente/ Divulgação // Produção: Tiago Cappi // Escritórios: Rua 141 Arquitetura + Zalc Arquitetura

Fotos: Mariana Orsi/ Divulgação // Escritório: Studio Tucah Campos

Fotos: Fran Parente/ Divulgação // Escritório: Diego Revollo 

Fotos: Marili Forastieri/ Divulgação // Escritório: Rodney Lawrence

Fotos: André Nazareth/ Divulgação // Escritório: Triana Serrano

Fotos: Denilson Machado e Brunella Costa/ Divulgação // Escritório: Bianca Notari Design

Fotos: Toni Pires/ Divulgação // Escritório: Olaa Arquitetos

Fotos: MCA Estúdio/ Divulgação // Escritório: Bezamat Arquitetura

Fotos: Re Freitas/ Divulgação // Escritório: Marília Veiga

Esse é um conteúdo feito pelo Casa de Valentina com apoio da OMA, que na nossa opinião é a melhor empresa para cuidar do seu imóvel 😉