Papo de Paisagista – Água da fonte !!!

Outro dia estava papeando com um colega sobre o projeto de um espelho d’água que estou estudando e a conversa foi longe… acabamos até filosofando sobre a água. Eis que o assunto despertou-me uma vontade de escrever sobre isso e aqui estou.

Cascata de piscina – projeto Juliana Freitas Paisagismo

Vocês sabem que faz parte do trabalho de um paisagista inserir a água de alguma forma em seus projetos? Sim !!! E nós gostamos muito disso, seja em desenhos de piscinas, cascatas, espelhos d’água, chuveirões ou fontes.

No entanto, é sempre um desafio trabalhar com a água, tanto porque ela “vaza”, e isso pode virar um grande problema, quanto porque ela é um elemento bem marcante e forte em uma paisagem. Além disso ela é cheia de “poderes” porque realmente mexe com nossas energias e tem a capacidade de alterar inclusive o nosso humor. Concordam comigo? Vou dar uns exemplos…

Já estiveram jantando em algum restaurante com aquela fonte exuberante que de tão exuberante parece uma cachoeira barulhenta que te impede de ouvir a sua conversa? Já tentaram dormir a noite toda ao lado de uma piscina com uma grande cascata ligada? Ou ainda ler um livro e manterem-se acordados perto de uma quedinha d’água daquelas com som agradável, doce e suave?

Fonte com 3 quedas d´água – projeto Juliana Freitas Paisagismo

Eu acho que a água ou melhor dizendo, a maneira como ela é aplicada no paisagismo pode influenciar seu dia, sua rotina e sua vida, pode transformar um ambiente para melhor ou pior e é capaz até de alterar seu estado de espírito. Por isso (também por isso) o trabalho dos profissionais paisagistas é de grande responsabilidade e exige conhecimento técnico em diversas áreas.

Spa com cascata – projeto Juliana Freitas Paisagismo

Mas o assunto é bastante amplo então vou afunilar o tema e focar nas fontes. Não porque nós projetamos mais fontes que espelhos d’água ou piscinas, mas sim porque elas estão mais acessíveis em preços, em onde encontrar e em medidas, independente da dimensão do ambiente que vamos decorar.

Outro dia visitando a loja Anni Verdi (www.anniverdi.com.br) fiquei encantada com as fontes caseiras feitas em bacias de cerâmica em varias opções de cores, concreto e tachos de ferro enfeitadas com diversas plantas aquáticas.

Você que tem vontade de ter em casa aquele barulhinho bom de água precisa conhecer a loja e esse trabalho artesanal que eles fazem, sob medida e personalizado… tem até fonte de mesa.
Eu ganhei uma de presente quando visitei a loja e estou curtindo demais, tanto que voltei lá e acabei comprando outras para presentear alguns amigos no ultimo Natal.

Espelho d´água da Loja Anni Verdi

Fonte sob medida Anni Verdi

E quanto à manutenção? Muitas vezes quando sugiro água em meus projetos os clientes costumam trazer os questionamentos: mas vai me dar trabalho? Preciso cuidar como cuido de uma piscina? Os equipamentos duram bastante ou vou ter que ficar trocando e investindo em maquinas novas? Se a água ficar parada vai dar dengue? Como faço quando tiver uma viagem mais longa? Enfim… as preocupações com a manutenção são inúmeras e muitas delas têm razão de ser.

O que eu posso dizer é que, como tudo que envolve tecnologia, os equipamentos sofrem atualizações constantes e estão cada vez mais modernos, eficientes e oferecendo mais qualidade e praticidade, o que não quer dizer que estão isentos de cuidados, atenção e manutenção.

Hoje em dia algumas fontes pequenas como essa de mesa que eu ganhei são tão simples que tem apenas um fio para ligar na tomada e uma bombinha subaquática (que de tão pequena nem aparece) para fazer a água circular e produzir o barulhinho.

Mas mesmo essa mini fonte com essa mini bomba precisa de alguns cuidados como limpeza de filtro, reposição de água (que evapora aos poucos) e uma limpezinha básica de vez em quando.

E as fontes maiores exigem um pouco mais, precisam de uma casinha de maquinas, as vezes é bom ter uma pessoa responsável para observar, limpar os filtros, ligar e desligar as bombas enfim, dá trabalho !!!

Mas tudo vai depender da sua vontade de conectar-se com a água e estar em contato com seus benefícios, e da sua disponibilidade para investir no projeto e na manutenção da sua fonte de água.

Espero que gostem dessa conversa e se quiserem esticar mais um pouquinho, estou aqui para papearmos.
Até nosso próximo PAPO !!!

Deixar Um Comentário