Open House | Viviane Gobbato – 1ª parte

Fugir do lugar comum e se cercar de uma atmosfera jovial e urbana. Esse era o grande sonho da arquiteta Viviane Gobbato em relação ao visual da sua própria morada. Há alguns anos, ela e o marido Juliano Libman, que também é arquiteto, buscavam um apartamento que fosse como uma tela em branco, um espaço onde pudessem colocar em prática algumas experimentações mais ousadas e criar sem restrições. Depois de visitar uma porção de imóveis medianos, encontraram um apê bastante promissor no bairro Itaim Bibi: “Com certeza foi um grande achado!”, recorda.

“É um privilégio entrar em casa à noite e enxergar como as luzes da rua iluminam os ambientes e revelam a vista maravilhosa”

Algumas características do imóvel foram determinantes para que o casal batesse o martelo e desse início ao processo de compra e reforma. Além de contar com uma área social ampla contornada por uma imensa varanda, o apê também oferecia uma pitada extra de conforto nos ambientes íntimos: a suíte era superespaçosa, do jeito que eles queriam. “A vista panorâmica para o skyline da cidade foi um grande diferencial, assim como a cozinha aberta e o terraço descoberto que traz para apartamento um ar de jardim de casa”, conta.

Acostumados a administrar reformas intensas, mergulharam de cabeça no projeto que demandava um quebra-quebra considerável. Isso porque, praticamente metade dos 200 m² de área total do apê contemplava a metragem da varanda que foi totalmente incorporada ao living. Todas as esquadrias saíram de cena e o piso de madeira foi nivelado para criar um único, amplo e iluminado ambiente, circundado pela belíssima paisagem da metrópole. Os pilares que restaram foram descascadas para revelar a beleza brutalista do concreto original que também dá as caras no teto do living sem rebaixo de gesso. Os arquitetos aproveitaram um desses pilares para encaixar a adega. O móvel que chama atenção pelo tom de amarelo fica bem no centro da sala e pode ser visto de diversos ângulos, truque que enfatizou ainda mais a sensação de integração e amplitude do ambiente. 

A Viviane me contou que durante o processo de criação, ela e o Juliano se inspiraram muito em Nova York: “É o nosso lugar preferido no mundo! Tudo que vemos naquela cidade nos transforma e nos encanta e é isso que queríamos experimentar no nosso apartamento, algo impactante, original e cheio de vida”. Além do clima de loft industrial que a arquitetura proporciona, os móveis escolhidos pelo casal ajudaram a intensificar o tom despojado e cool do projeto. Como eles adoram cores intensas e objetos de design, pincelaram os espaços com peças pra lá de especiais, como o sofá e a mesa de centro da Carbono, que ocupa o cantinho ao lado do home theater. 

Este apê é tão incrível que se eu pudesse ficaria aqui por horas e horas comentando sobre todos os detalhes que mais me chamaram atenção. Ainda bem que este Open House tem duas partes, hein?!! Rsss… Volta aqui amanhã que vou te mostrar a área íntima do apê – já adianto que é apaixonante, cheia de boas soluções – e para conferir também entrevista que fiz com a Vivi, ok?!

Fotos: Rafael Renzo

2019-01-03T10:35:30-03:00 Categories: Decoração, Open House, Apartamentos|Tags: |

6 Comentários

  1. maria selma da silva janeiro 4, 2019 em 11:54 am - Responder

    Olá, tudo bem? O apartamento é lindo e bem decorado na minha opinião, porém , o tapete de zebra que remete a um animal morto, faz com que a beleza do imóvel perca MUITO. Obrigada. Maria Selma

    • Nice Marques janeiro 9, 2019 em 8:00 am - Responder

      Acredita que o tapete de zebra foi o que mais amei no apart
      Achei lindo , Chick e funcional demais

  2. Ana Mendonca janeiro 6, 2019 em 12:41 am - Responder

    Achei tudo lindo, já pequei várias ideias…só me pergunto é como cozinhar com esse piso na cozinha?

    • Nalu janeiro 7, 2019 em 2:08 pm - Responder

      Muito simples, é só pegar uma panela, colicar em cima do fogão, liga-lo e VOILÁ. Simples assim

  3. Marina janeiro 7, 2019 em 1:39 pm - Responder

    Cholito, vi no Instagram da arquiteta

    • Luiz janeiro 7, 2019 em 4:24 pm - Responder

      Muito obrigado Marina ❤️

Deixar Um Comentário