Há quem esnobe as redes sociais dizendo que não se rendeu a elas, mas eu digo com convicção que não só me rendi mas como aproveito suas vantagens ao máximo! Conheci o trabalho da Vanessa Féres pelo Instagram e desde então acompanho cada passo dela. Gosto do seu estilo, do seu jeito em apresentar os projetos e, claro, dos projetos em si.

Exatamente por isso foi tão prazeiroso entrar em sua casa para mostrar um pouquinho o outro lado da moeda… como e onde vive a arquiteta. E posso falar com certeza que por lá, casa de ferreiro o espeto é de ferro mesmo kkkk

Acho muito divertido observar como vivem os profissionais que respitam arquitetura e decoração, pois é interessante perceber quais escolhas, dentre infinitas possibilidades, eles optaram para si. Além disso, acho que é a maneira mais genuína de identificar o estilo daquele profissional, pois é um dos poucos, se não o único projeto, que eles têm total autonomia de decisão.

E aí, vamos nessa? Hoje vou te mostrar algumas das fotos que o Rafael Renzo fez e amanhã um vídeo em que a própria Vanessa conta os detalhes dos espaços 😉

Lucila: Qual o hotel mais marcante que vc já se hospedou na vida?

Vanessa: Foi em Antigua na Guatemala – Casa de Santo Domingo. Um antigo convento transformado em hotel e museu, a natureza é exuberante e tudo absolutamente autêntico , a noite fica todo iluminado por velas . Passei minha lua de mel lá. 

Lucila: Qual a viagem que fez em família que mais gostou?

Vanessa: A última viagem foi para Costa Rica, gosto de combinar turismo com passeios na natureza e lá as praias e parques são incríveis. 

Lucila: Qual o programa que mais curte fazer aos finais de semana aqui em SP?

Vanessa: Adoro fazer turismo em SP, nos finais de semana passeio muito a pé pela Vila Madalena, vou domingo na Paulista e a vários museus – MASP, Pinacoteca e Mis principalmente. Além de teatros. 

Lucila: Qual a construção brasileira que vc mais admira pela beleza?

Vanessa: O Sesc Pompeia além de ter uma arquitetura marcante promove uma convivência social democrática com cultura que é louvável é necessária ‘a cidade. Frequento desde criança. 

Lucila: E se vc tivesse que escolher uma única peça de design para sa vida, qual seria? 

Vanessa: Vou de um design afetivo – a cadeira de balanço que foi da minha avó, e do meu pai.