O que Achei da Tortona | Milão 2018

Comparando com alguns outros destritos em que acontece a semana de Design de Milão acho o destrito de Tortona o menos interessante. Sei que muito vão discordar comigo já que essa é uma região que uma galera ama de paixão, mas não é muito minha praia. Vou sempre, vejo as novidades mas tem alguns outros lugares que amo mais. 

Mas…. este ano parece que perdi o melhor de lá. Me disseram que o estande da Sony estava maravilhoso. Não pela estética em si, mas pelas experiências que proporcionava com tecnologia e poesia. Pelo que pesquisei estava realmente imperdível, mas perdi 🙁 Estava morta de fome, sai para almoçar e acabei ficando pelo bairro de Brera e não deu tempo de voltar… Enfim, é impossível ver tudo em Milão nesta época do ano, não dá muito para ficar lamentando.

Mas vamos ao que eu vi de lá né kkkk Bom, os 2 programas mais famosos da região são: Superstudio Più e MOOOI. O primeiro é um pequeno complexo com alguns prédios em que durante a “vida normal” da cidade algumas empresas trabalham, e durante a Semana de Design acontecem instalações, mostras e eventos. A instalação que estava mais badalada era a do escritório Nendo do designer  japonês Oki Sato. No espaço ele apresentou um compilado de trabalhos que desenvolveu ao longo do último ano explicando de maneira bem didática um pouco do processo de criação das peças. Achei bem interessante.

Vou te mostrar mesclando algumas fotos que eu tirei com as fotos que recebi oficiais deles ok, é que o local estava bem escuro, então não estava muito fácil clicar…

A ideia inicial desses móveis foi reproduzir a maciez dos assentos estofados utilizando placas rígidas, o resultado estético é bem diferente, mas não conseguimos ver na prática o resultado final pois não dava para tocar nas peças.

 

Fiquei enlouquecida por essas mesinhas. Vistas por baixo conseguimos entender como elas foram construidas, mas olhando por cima o efeito do entrelaçado é um quebra cabeça bem divertido. ADOREI!

Para fechar com chave de outro mais uma criação do estudio Nendo que estava dando o que falar. São essas ampulhetas feitas em um bloco maciço de vidro. LINDO, mas poderiam ter sido apresentados com  areia colorido como no vídeo abaixo.

Bom, agora vamos para o programa 2, a MOOOI. Eles sempre arrasam na produção, capricham mesmo! Este ano eles convidaram 2 escritórios para assinarem o projeto. Metade do estande era assinado pelo escritório Concrete de Amsterdan e a outra medate era assinada por  Megan Grehl. Estava lindo e o melhor é que você pode ver como se estivesse caminhando por lá, a MOOOI fez um 360 de todo espaço, é só clicar AQUI.

Ainda no Superstudio Più encontrei uma curiosidade que achei interessante. Sabem esses tecidos da Indonésia todos trabalhados? São feitos da seguinte maneira: eles pegam um tecido branco, aplicam uma cera (de vela mesmo) fazendo desenhos, depois banham o tecido na tinta, aplicam novamente a cera fazendo outros desenhos, banham novamente na tinta… e assim consecutivamente até a estampa se completar. Achei um processo lindo e muito trabalhoso. 

Aqui uma foto do tecido coberto ainda com as diversas camadas e cera e o equipamento que eles usam para pingar a cera.

E por fim uma instalação do arquiteto japonês Kengo Kuma feita com um tecido que purifica o ar – por sinal esse era uma tema que vi algumas vezes pelo Fuorisalone…

2018-04-24T11:09:59-03:00 Categorias: Design, Inspirações|Tags: |

4 Comentários

  1. ANDREA DE LACERDA abril 26, 2018 em 5:45 pm - Responder

    MARAVILHOSO , OBRIGADA !

  2. Renato Ferreira abril 29, 2018 em 10:57 am - Responder

    Nenhuma foto feita por baixo da mesinha entrelaçada? Como faz com a curiosidade agora? rsrsrs

Deixar Um Comentário