A mesa de jantar é com certeza um dos móveis que mais aproxima as pessoas dentro de casa, e que nunca passa despercebida no ambiente. Tivemos tempos das mesas quadradas e retangulares estarem mais comuns no décor das casas e apartamentos, mas hoje as opções são tantas e o mercado está tão democrático, que todos os modelos são bem-vindos, inclusive as mesas redondas.

Se as mesas já unem as pessoas, pode aumentar a intensidade disso quando ela for redonda, já que sentar em círculo possibilita uma visão geral de todos que estão na mesa, cria proximidade e sempre cabe mais uma cadeira hahaha

A variedade de acabamentos disponíveis para mesas hoje é enorme, os mais comuns são os tampos de pedra, vidro e madeira que funcionam muito bem em diferentes ambientes e estilos de decoração. O design dos pés também é diverso, as opções de formatos, desenhos e tamanhos estão cada dia mais inovadoras. Por ser elemento principal nas salas de jantar e um móvel que, no geral, não se troca com frequência, vale investir na peça que mais agrada e que, principalmente, atende as necessidades e rotina da família. Para quem tem crianças em casa, as mesas redondas são boas aliadas para fugir das quinas rsrs

Existem várias dimensões de mesas redondas que se adequam melhor a cada ambiente, com acomodações variando entre 2 à 10 lugares. Esse modelo não é como uma mesa retangular, por exemplo, que o comprimento pode se estender a perder de vista; nesse caso, se o tampo redondo for muito grande, a parte central da mesa fica inacessível e as pessoas ficam muito distantes. Porém, é inevitável o fato de que esse formato é mais orgânico e deixa a circulação em volta da mesa super agradável.

Após a escolha do tamanho e do modelo, alguns toques na decoração podem agregar ainda mais aconchego à mesa, como a iluminação e os têxteis: um pendente no centro, tapete embaixo, cortinas em caso de janela na sala de jantar, trilhos ou centros de mesa, e assim vai!

Projeto acima: Taylor Knights

Projeto acima: Taylor Knights

Projeto acima: Victoria Rizzo Arquitetura

Projeto acima: Todos Arquitetura

Projeto acima: Todos Arquitetura

Projeto acima: Tom Robertson Architects

Projeto acima: Tom Robertson Architects

Projeto acima: Alexandre Faccin

Projeto acima: Alexandre Faccin

Projeto acima: Studio AG Arquitetura

A sala de jantar é um lugar especial na casa e, com uma mesa redonda, não tem quem resista à um cafezinho com boas conversas rsss Não é à toa que a expressão MESA REDONDA seja tão comum e usada como sinônimo para discussões, palestras ou até mesmo encontros do dia-a-dia. Pesquisei sobre a origem da expressão e achei legal colocar brevemente aqui:

Ouvir histórias do Rei Arthur, Cavaleiros e a Távola Redonda é bem comum e existem diversas versões das lendas; umas dizem que Arthur herdou a mesa do sogro e outras, que ele mesmo a criou. Resumindo bem, Arthur e seus Cavaleiros ficaram conhecidos pelas grandes batalhas e defesa da Grã-Bretanha e, sempre que se reuniam para bolar novas estratégias e discutirem os combates, era em volta da mesa redonda, pelo fato de ficarem de frente uns para os outros e também demonstrar igualdade, sendo ninguém superior à ninguém, nem mesmo o Rei Arthur.

Aaah! Me lembrei de outros dois posts um pouco mais antigos, que podem complementar esse aqui:

Me conta nos comentários como é a mesa de jantar da sua casa, vou adorar saber! 😉

Fontes: Homefinish.com.br, Blog.iazamoveisdemadeira.com.br, Mundoinverso.com.br
Imagens: Archdaily.com.br, Costaflores.com.br, Stanleyfurniture.com, Heals.com, Anthropologie.com, Curatedinterior.com, Casefurniture.com, Theidentite.co, Vivadecora.com.br, Ambientedirect.com, Guiasdograal.amorc.org.br, Studio-mcgee.com, Sabonhomeblog.tumblr.com