LOFT ACONCHEGANTE

Uma casa sem paredes dá a sensação de modernidade, liberdade, amplitude… Só que a origem dos lofts não tem nada de contemporâneo. Há quem diga que este tipo de habitação remonta ao século 13 na Europa, quando os celeiros tinham um pavimento superior que eram usados como morada. Embaixo dormiam os cavalos e armazenavam-se mantimentos, e em cima, se vivia.

A popularização dos lofts urbanos aconteceu entre os anos 1960 e 1980, quando galpões originalmente usados por fábricas em Nova Iorque foram convertidos em imóveis residenciais. Muitos filmes de Hollywood mostraram casas assim, o que ajudou a consagrar o estilo. Este loft aconchegante traz um pouco dessa atmosfera industrial e até meio rústica. Tudo por conta do teto sem forro, da tubulação exposta e de uma parede de tijolinhos sem acabamento. Essas intervenções arquitetônicas são propositais para oferecer um ar mais despojado. Mas não é que ficou lindo? Os móveis, tecidos e estampas quebram a rigidez dos revestimentos e trazem conforto térmico e visual.