Contrapondo a aparência rebuscada e multicolorida dos adorados ladrilhos hidráulicos, os subway tiles (azulejos de metrô, em tradução livre) saíram da obscuridade dos subsolos de Paris e Londres para tomarem as paredes residenciais como elemento central. Eles chegaram com tudo mesmo trazendo para a decoração a sua simplicidade charmosa, um tanto retrô, imensamente democrática e acima de tudo, urbana e cosmopolita. Como não se apaixonar, não é mesmo? 


Muito usado nos projetos com pegada escandinava, os subway tiles vieram substituir os azulejos quadrados, as pastilhas e até mesmo os ladrilhos. Mas como são bastante sóbrios, também podem ser utilizados em composição com estes outros tipos de revestimentos




Eles são retangulares e clean e por isso oferecem uma infinidade de possibilidades de paginação: da tradicional amarração tipo tijolinhos à mistura de placas horizontais e verticais. 

Dependendo da cor e do rejunte escolhido é possível criar um efeito diferente. Se você busca uma estética retrô a melhor pedida são os azulejos brancos com rejuntes escuros – o visual clássico dos metrôs europeus. Mas se você prefere fugir de uma proposta tão literal para investir em um estilo mais contemporâneo, vale substituir a cor do rejunte por um tom próximo à cor dos azulejos. 



E você? Já adotou ou pretende adotar os subway tiles como acabamento na sua casa??