SOFÁS CHESTERFIELD

O que a Rainha Vitória, da Inglaterra, e o famoso pai da psicanálise Sigmund Freud têm em comum? Os dois viveram na chamada “Era Vitoriana”, período de um glorioso desenvolvimento para o império britânico, e isso nos setores político, cultural, científico, militar, moveleiro… Sim, naquela época a produção de móveis no país bateu recordes e a Inglaterra se consolidou também como exportadora de tendências. E os móveis Chesterfield são um bom exemplo.Para se ter uma ideia, Freud atendia seus pacientes em uma poltrona Chesterfield, que (não apenas por isso) se tornou um ícone, assim como muitas coisas que envolveram o mais famoso psicanalista do planeta.
Mas as histórias acerca da criação deste estilo são diversas. Alguns dizem que remete ao século 18, quando um conde chamado Chesterfield encomendou um móvel que permitisse a um cavalheiro se sentar verticalmente com o maior conforto. Outros dizem que foi inventado por um nobre inglês em 1900.
Da “Era Vitoriana” aos dias atuais, esses móveis ganharam o mundo e se tornaram referência de bom gosto. Procurado sempre como símbolo de sofisticação, o sofá Chesterfield tem braços arredondados na mesma altura das costas, botões por toda a estrutura (com acabamento capitonê) e costuma ser revestido com diferentes tipos de couro. Hoje em dia essas peças estão presentes em todo tipo de decoração, mantendo assim o poder do estilo que as consagrou. Quem procura por este tipo de peça quer uma marca registrada que combina, ao mesmo tempo, beleza, elegância, conforto e qualidade.
Nós adoramos esses sofás, e vocês?r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r
r