PAREDES DE FAZER INVEJA

 

Toda casa tem uma, duas, três, inúmeras paredes livres só esperando por uma intervenção legal — então nem adianta dizer que você não tem espaço pra isso. Mas as possibilidades são tantas que não poderíamos resumir tudo em apenas 1 post. A solução? Vamos fazer uma série curtinha de matérias sobre o tema (para você nunca mais olhar a sua parede com os mesmos olhos). Hoje selecionamos três grupos de ideias: arranjos criativos / opções faça você mesmo / cores sólidas e nada tímidas.

 

* Na semana que vem, o assunto serão os papéis de parede, então acompanhe!

 

ARRANJOS CRIATIVOS:

 

Engana-se quem pensa que os enfeites de parede se resumem a quadros, pôsteres e espelhos. Sim, todas essas peças são lindas e formam belas composições, mas quem quiser ousar mais pode  pendurar outros objetos também, como peças de artesanato, esculturas de madeira, máscaras africanas e até molduras vazias mesmo. Tudo junto ao mesmo tempo. Para você não exagerar e errar a mão, não custa repetir: primeiro teste o arranjo apoiado no piso e use ganchos removíveis para não marcar as superfícies e poder trocar as coisas de lugar caso se canse.

 

 

FAÇA VOCÊ MESMO:

 

De todas as sugestões que estamos mostrando, essas são as mais acessíveis — e mais divertidas também, vai. Vocês lembram do extreme makeover que fizemos aqui no escritório do Casa de Valentina? Pois desde então somos defensoras do combo: papel colorido adesivo + cortadores em formatos legais. Quer uma parede alegre e com "confetes" gigantes? Assim dá pra fazer. Quer mini-corações ou mini-silhuetas-de-qualquer-coisa formando uma espécie de papel de parede improvisado? Também é possível. (Espia as fotos abaixo para entender do que estamos falando).

 

E aquele mapa antigo e colorido que o seu filho usava nas aulas de geografia também pode ser usado como "obra de arte", já pensou? É só pendurar e pronto. Tem também os clássicos murais de fotos ou painéis de inspirações feitos com washi tape (fitas adesivas coloridas) e imagens impressas… Mas uma dica que adoramos é essa: lousa de outras cores! Porque o verde escuro e o preto já são muito comuns, né? Com a mistura certa, qualquer tinta pode virar lousa, até as brancas — aprenda a fazer AQUI.

 

 

CORES APARECIDAS:

 

Você não precisa reinventar a roda, se não quiser. Algumas camadas de tinta colorida são sempre uma forma eficaz e impactante de transformar um ambiente. A tonalidade fica a seu critério, mas nossa dica é usar nuances marcantes, claras ou escuras. Para fugir da mesmice, mude a forma de aplicar a pintura: camuflando portas e armários com um tom só, em apenas meia parede, misturando cor com boiseries… Inspiração é o que não falta – e você ainda pode usar os princípios da cromoterapia para melhorar a energia dos espaços.